Rui Barreto exige que ministros da República passem da “intenção à concretização” das promessas à Madeira

O líder do CDS-PP diz que já “chega de manobras de diversão e parques de diversão” porque “já se tem artistas suficientes” na Madeira. Rui Barreto quer que os responsáveis do Governo da República se comprometam com os assuntos da Região Autónoma.

O líder do CDS-PP Madeira, Rui Barreto, espera que a visita da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, à Madeira, no âmbito dos Estados Gerais, não seja apenas um anunciar de intenções mas sim de concretização de medidas.

“Esta ministra já havia se comprometido em maio de 2018 com dossiers da Madeira, nomeadamente a linha ferry para o continente e a colocação de guardas armados a bordo dos navios registados no MAR, mas ainda não concretizou nada”, alertou o centrista.

Uma política de concretização foi um apelo deixado também por Rui Barreto ao ministro Pedro Marques, relativamente ao subsídio de mobilidade.

“O ministro está há três anos para rever o subsídio social de mobilidade e não o fez”, lembra Rui Barreto.

O líder do CDS-PP diz que já chega de “manobras de diversão e parques de diversões” porque “temos artistas suficientes” na nossa terra.

“Está na altura de os responsáveis do Governo que visitam a Madeira se comprometem com assuntos da Madeira”, sublinha o centrista.

Ler mais
Recomendadas

O ensino profissional deve estar aliado às empresas, sublinha Albuquerque

Em entrevista ao Económico Madeira, o Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, além de falar nas mais-valias da ligação entre o ensino profissional e as empresas, diz que quer criar um cluster de empresas tecnológicas na Madeira. O único impasse é o Estado português.

Secretária Regional da Cultura diz que vai dar prioridade a preservação do património imaterial da Madeira

Paula Cabaço destacou o trabalho que tem sido feito nos diversos museus da Região, bem como no Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira, com exposições temporárias itinerantes, projetos, oficinas e publicações.

Desemprego registado desce 2,8% na Madeira

A Madeira registou aumentos nas oferta de emprego, desempregados inscritos, nas ofertas de emprego recebidas, e nas colocações efetuadas.
Comentários