Salário mínimo sobe em janeiro, mas portugueses continuam a ser dos europeus mais mal pagos

Portugal e Espanha vão aumentar o salário mínimo em 2018, ainda assim os números ficam muito longe do que é pago nos países mais desenvolvidos.

Reuters

O Salário Mínimo Nacional (SMN) vai aumentar para 580 euros a partir de janeiro de 2018, o que representa uma subida de 23 euros face aos atuais 557 euros. Apesar do aumento de 4,1%, Portugal continuará a na cauda da Europa. Pior mesmo só nos países do antigo bloco de Leste e na Turquia.

Portugal não está sozinho. A Grécia e a Espanha figuram igualmente no grupo dos países com remuneração mínima muito inferior à que é paga nos países desenvolvidos. Em Espanha, governo e parceiros sociais assinaram às portas do Natal um acordo para aumento do salário mínimo para 850 euros em 2020. Atualmente nos 707,6 euros, o mínimo subirá, no próximo ano, para 735,9 euros, em 14 pagamentos.

Na Europa, o Luxemburgo é campeão, pagando 1.998,6 euros mínimos. Na Alemanha , a remuneração mínimo é de 1.498 euros, em França de 1.480, euros, na Bélgica de 1.562,6 euros e na Irlanda de 1.563 euros. Na cauda do pelotão está a Bulgária com uns escassos 235,2 euros. Fora dos fronteiras da União Europeia, os números são ainda mais magros, com a Moldávia abaixo de todas as fasquias: 46,6 euros.

Relacionadas

Salário mínimo regional fixado em 592 euros

A decisão foi tomada no conselho de concertação social da Madeira.

Quanto ganha no mínimo um europeu? Portugal na ‘cauda’ da Europa

Portugal e Espanha vão aumentar o salário mínimo em 2018, ainda assim os números ficam muito longe do que é pago nos países mais desenvolvidos.

Salário minimo em Espanha passará para 850 euros em 2020

O Presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, disse hoje que o Executivo e os parceiros sociais assinaram um acordo sobre o aumento do salário mínimo nacional.

Marcelo promulga aumento do salário mínimo nacional para 580 euros

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou hoje o aumento do Salário Mínimo Nacional (SMN) para 2018, que foi fixado em 580 euros pelo Governo.

Salário mínimo e novas regras dos recibos verdes aprovadas hoje em Conselho de Ministros

O Conselho de Ministros aprovou hoje o aumento do salário mínimo para 580 euros a partir de janeiro e o novo regime contributivo dos trabalhadores independentes, que entrará em vigor em janeiro de 2019, anunciou hoje o ministro do Trabalho, Vieira da Silva.
Recomendadas

Ana Brazão do GEOTA: “Temos que desmistificar o papel das barragens na luta contra as alterações climáticas”

Engenheira ambiental e coordenadora do projeto Rios Livres do GEOTA, Ana Brazão diz que as barragens emitem gases com efeito de estufa e alerta para o impacto nos ecossistemas dos rios que “são hoje os ‘habitats’ mais ameaçados do planeta”. Em alternativa, defende a aposta na eficiência energética. E antecipa a 2ª Cimeira Europeia dos Rios que vai realizar-se no Porto, em 2020.

Navigator estima perda de 10 mil toneladas de papel devido à paragem de produção na Figueira da Foz

A suspensão temporária da fábrica deveu-se ao furacão Leslie, que passou por Portugal no final da semana. Em comunicado enviado esta sexta-feira, a empresa da pasta e do papel informou que a água, a eletricidade e as telecomunicações do centro fabril já foram restabelecidos.

Multicare: valor de prémios anual atinge 270 milhões de euros em 2017

A marca também reforçou a liderança do mercado de seguros de saúde em Portugal, alcançando uma quota de mercado de 37%, em setembro último.
Comentários