Santana Lopes: “Espero que Portugal fique bem servido com esta escolha”

Ex-Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa assume derrota nas eleições diretas do PSD. No final de uma breve intervenção, deixou a promessa: “Vou continuar a combater politicamente. Só é derrotado quem desiste de lutar.”

Cristina Bernardo

Pedro Santana Lopes está a discursar na sede de campanha e acaba de assumir a derrota nas eleições diretas do PSD. Referindo ao seu adversário e novo líder do PSD, Rui Rio, o derrotado sublinhou: “Espero que Portugal fique bem servido com esta escolha.”

A intervenção foi curta, dedicada sobretudo a agradecer à estrutura da campanha. No final, deixou a promessa: “Vou continuar a combater politicamente. Só é derrotado quem desiste de lutar.” A última frase é uma citação de Francisco Salgado Zenha, candidato à Presidência da República em 1986.

Relacionadas

Rui Rio garante vitória nas eleições diretas

O ex-autarca do Porto foi o candidato mais votado no Porto, Braga, Aveiro, Viseu, Santarém, Ovar, entre outras distritais e concelhias. Por seu lado, Santana Lopes prepara-se para discursar e assumir a derrota.

Santana Lopes vence com 70% dos votos em Macau e Hong Kong

“Vitória esmagadora de Pedro Santana Lopes para a liderança do PPD/PSD em Macau e Hong Kong, com um resultado de cerca de 70% dos votos, maioria absoluta,” anunciou a respetiva candidatura no Facebook.

Santana Lopes apela a “grande participação” dos militantes nas eleições internas

“Não há duas sem três, espero que o PPD/PSD vá para a terceira vitória consecutiva em legislativas, espero que a próxima seja com maioria absoluta”, desejou Santana.

Santana Lopes: “Estou muito confiante no futuro do meu partido”

O antigo primeiro-ministro votou em Lisboa logo a seguir ao social-democrata que abandona a liderança, Pedro Passos Coelho. O opositor Rui Rio deverá votar por volta das 16h30, no Porto.

Pedro Santana Lopes: Perfil de um político resiliente e carismático

Depois da breve e desastrosa experiência governativa de 2004-2005, muitos vaticinaram a morte política de Santana Lopes, mas foram contrariados pelas sucessivas ressurreições de um político singularmente resiliente e combativo. Esta é a terceira vez que se candidata à liderança do PSD em 22 anos.
Recomendadas

PremiumPersistem dúvidas sobre o aumento salarial dos funcionários públicos

Centeno reiterou que só há 50 milhões de euros para os aumentos salariais. PCP remete para negociação com sindicatos, BE vai insistir na especialidade.

Bloco de Esquerda quer acordo escrito com o PS para dar mais clareza às propostas

“Tem de ter como base compromissos mais vastos, compromissos com o país, como recuperar as pensões ou baixar o número de alunos por turma ou ter mais manuais gratuitos”, afirma a coordenadora do BE, Catarina Martins, numa entrevista conjunta ao jornal “Público” e à “Rádio Renascença”.

“Este orçamento aposta nas eleições”, critica Rui Rio

Rio escusou-se a revelar se o PSD votará contra este orçamento na votação na Assembleia da República, apontando que essa será uma decisão a ser tomada pelo partido.
Comentários