Santo Antão recebe seminário internacional para debater o turismo ecológico

Especialistas em ecoturismo das regiões periféricas da União Europeia (UE), Cabo Verde e países associados, vão estar, a partir desta quarta-feira e durante dois dias, no Porto Novo, Santo Antão, num seminário internacional para debater o turismo ecológico.

O evento, que se realiza no quadro do projecto Eco-Tur, financiado em 250 mil contos pela União Europeia (UE), através do programa de cooperação territorial entre Portugal e Espanha, representa uma grande oportunidade de promoção de Santo Antão como destino turístico e de investimentos, acredita o edil do Porto Novo.

Conforme Anibal Fonseca, os municípios santantonenses pretendem aproveitar a presença em Santo Antão de especialistas das Canárias, Açores, Madeira, Cabo Verde, Senegal e Mauritânia para desencadear “uma boa acção diplomática” de promoção turística desta ilha, que tem com meta afirmar-se, nos próximos anos, como um dos principais destinos turísticos do arquipélago.

Este seminário internacional, co-organizado pela Câmara Municipal do Porto Novo, faz parte de uma série de 17 fóruns sobre o ecoturismo previstos, para os próximos dois anos, no âmbito do Eco-Tur, tendo as Canárias e os Açores já recebido esse evento.

O Eco-Tur, que já colocou à disposição do Porto Novo, um dos 17 municípios beneficiários do projecto, 35 mil euros (quase quatro mil contos), tem como propósito a adopção de uma estratégia visando a conservação e valorização do património natural e etnográfico, através de criação de produtos turísticos.

Além de uma rede de miradouros, o projecto Eco-Tur prevê a criação no Porto Novo da rota turística “Claridade”, que ligará Ribeira das Patas ao Planalto Norte, acções que têm por objectivo a promoção do turismo rural.

Além do Porto Novo, a rede internacional Eco-Tur inclui ainda sete municípios das Canárias, quatro dos Açores, dois da Madeira e ainda, como associados dos terceiros, municípios da Mauritânia e Senegal.

Santo Anão que, a partir de hoje, 29, passa a contar com a sua associação do turismo, recebeu, em 2017, mais de 26 mil turistas (um aumento de 23,8% em relação a 2016) à procura, sobretudo, do turismo de natureza.

Ler mais
Relacionadas

Há cada vez mais turistas a visitar Santo Antão para a prática de trekking

Santo Antão conheceu, nos últimos oito meses, uma grande movimentação de turistas, provenientes sobretudo do Norte da Europa que, durante a chamada época alta do turismo, procuraram esta ilha para a prática de trekking.

Turismo em Santo Antão cresceu 24%. E há mais investimentos no sector prestes a chegar

Mais de 26 mil turistas visitaram Santo Antão em 2017, o que significa um aumento de 23,8% em relação a 2016. Os operadores acreditam que, a avaliar pela “grande movimentação” de turistas que se tem verificado, nesta época alta, iniciada em Outubro, o turismo vai continuar a crescer nesta ilha.
Recomendadas

Sérvulo estabelece parceria com sociedade de advogados em Cabo Verde

A MJN Advogados, de Maria João de Novais, é o novo escritório parceiro da Sérvulo & Associados.

“Em Lisboa emitimos mais de 15 mil passaportes nos últimos dois anos”, diz governo cabo-verdiano

O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades e da Defesa de Cabo Verde anunciou esta quinta-feira que os consulados e embaixadas de Cabo Verde já emitiram 35 mil passaportes, entre 2017 e 2018.

Banco Europeu de Investimento tem oportunidades de estágio para cabo-verdianos

A instituição bancária europeia tem um programa com oito estágios profissionais para oferecer estudantes universitários e/ou ou recém-licenciados dos países membros da associação ACP.
Comentários