Santos Populares: dicas de poupança para o seu arraial

Da decoração à ementa recheada de sardinhas, saiba como pode aproveitar os tradicionais festejos dos santos populares sem gastar muito dinheiro.

Os tradicionais festejos dos santos populares acontecem um pouco por todo o país. Para além dos motivos religiosos, são também mais um momento para juntar família e amigos.

A Escolha do Consumidor dá algumas dicas para fazer um arraial caseiro, gastando pouco dinheiro:

Aposte na decoração simples de papel, os balões dos Santos Populares. Estão disponíveis nas grandes superfícies ou então opte por fazê-los com jornais e revistas antigos que tenha em casa.

Em relação à ementa, uma receita de sucesso está em não se afastar dos típicos grelhados: a sardinha e a bifana. Esta é a época das sardinhas, e ao comprá-las, lembre-se: prefira as pequenas e gordas! A salada de alface e tomate é o acompanhamento ideal.A Sangria ou a cerveja são as bebidas de eleição, mas beba sempre com moderação!

E porque é de grelhados que se trata, prefira carvão vegetal na sua casa. É um produto amigo do ambiente, as brasas aquecem mais rapidamente, e não vai notar o odor na sua roupa!

E agora que tem o seu arraial pronto, divirta-se e aproveite a época dos Santos Populares!

Recomendadas

Comprar ou construir casa? Guia para decidir

Descubra, neste artigo, os prós e contras de comprar ou construir casa. Para além de explicarmos quais os procedimentos inerentes às diferentes opções, apresentamos também as soluções específicas de financiamento oferecidas pelas instituições bancárias no nosso país.

Conheça oito blogues que vão ajudar a economizar as suas refeições

Conheça oito blogs que vão ajudar a manter uma alimentação equilibrada e económica.

Quais são os bancos que já disponibilizam transferências imediatas?

O novo subsistema do Sistema de Compensação Interbancária assegura o processamento contínuo de transferências em menos de 10 segundos. A adesão dos bancos é, no entanto, facultativa. Confirme aqui quais os bancos que já têm e quais os custos.
Comentários