Segredos da biblioteca do Vaticano vão ser revelados

Iniciado em 2010 o projeto tem a duração de 18 anos e até ao dia de hoje, 10 mil manuscritos foram digitalizados, segundo o jornal “Expansión”.

Graças à consultora Everis, mais de 82 mil manuscritos armazenados na biblioteca do Vaticano vão finalmente ver a luz do dia.

Uma obra de arte é eterna e tem o poder de imortalizar o seu autor, mas o seu acesso limitado pode fazer com que a mesma seja esquecida e foi por isso que em 2010 se propôs ao Vaticano digitalizar a sua enorme biblioteca e torna-la acessível a qualquer pessoa.

Desde que a biblioteca abriu portas em 1448 com o Papa Nicolau V, esta é a primeira vez que o estado do Vaticano partilha com o mundo os seus textos históricos: 82 mil manuscritos que versam sobre questões de religião e cultura.

A tarefa não é fácil, dado o elevado valor e fragilidade da generalidade dos manuscritos. Cada imagem demora duas horas para ser digitalizada e pesa entre 200 e 300 megabytes.

Iniciado em 2010, o projeto tem a duração de 18 anos e até ao dia de hoje, 10 mil manuscritos foram digitalizados, segundo o jornal “Expansión”.

Recomendadas

Governo ‘convida’ empresas norte-americanas para o porto de Sines

O Executivo de António Costa espera que empresas norte-americanas apresentem ofertas no âmbito da construção do novo terminal de contentores de Sines.

Governo de Costa responde a enviado de Trump: “Investimento chinês em Portugal cumpre a legislação”

O chefe da diplomacia norte-americana atacou o investimento chinês nas redes de telecomunicações europeias, como o da empresa chinesa Huawei em Portugal. O Governo português garante que confia nas empresas chinesas que investiram em Portugal na energia, banca e seguros.

Espanha: Filipe VI quer novo Governo o mais rapidamente possível

O rei de Espanha está farto de ver as forças políticas do país incapazes de concretizarem um governo que se mostre duradouro. Filipe VI parece estar a perder a paciência para tanta incapacidade. O problema é que ainda nada está decidido.
Comentários