Simulador de IRS: Saiba quanto vai pagar de imposto em 2019

No próximo ano mantêm-se inalterados os escalões e as taxas de IRS. Sem a atualização ao nível da inflação prevista (1,3%), os contribuintes que estejam nos limites superiores dos sete escalões de rendimento e tenham aumentos salariais no próximo ano, arriscam a subir de escalão e a pagar mais imposto. Veja aqui o seu caso com o simulador da consultora EY.

No próximo ano mantêm-se inalterados os escalões e as taxas de IRS. Sem a atualização ao nível da inflação prevista (1,3%), os contribuintes que estejam nos limites superiores dos sete escalões de rendimento e tenham aumentos salariais no próximo ano, arriscam a subir de escalão e a pagar mais imposto. O impacto será maior para contribuintes com rendimentos próximos da fronteira dos escalões, porque poderão subir de escalão, arriscando pagar mais IRS do que vai receber de aumento. Nos restantes casos, sem mexidas nos escalões, taxas e deduções à coleta, em 2019, as famílias pagarão exatamente os mesmo IRS que este ano. Simule aqui o seu caso com o simulador da consultora EY [ficheiro Excel – download disponível só em desktop].

Simulador de salário líquido mensal para 2019

Recomendadas

OE2019: PS propõe que se alargue à CGA alívio de penalizações por reforma antecipada

O PS anunciou hoje que vai apresentar uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2019 para alargar o regime de flexibilidade de acesso à reforma antecipada aos subscritores da Caixa Geral de Aposentações (CGA).

OE2019: PCP quer inscrever objetivo de patamar mínimo de 1% da despesa para a Cultura

“É consagrado o objetivo de alcançar o patamar mínimo de 1% da despesa pública, prevista em Orçamento do Estado, para a política cultural”, lê-se na proposta de aditamento ao Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), entregue hoje na Assembleia da República.

OE2019: PS propõe alargar alívio dos cortes às pensões antecipadas no Estado

“Até ao final do 1.º semestre de 2019, o Governo apresenta os projetos legislativos, procedendo às devidas adaptações, necessários ao alargamento do novo regime de flexibilização da idade de acesso à pensão, previsto no artigo 90.º, designadamente ao regime convergente”, lê-se na proposta dos socialistas.
Comentários