Site de Brett Kavanaugh torna-se num refúgio para vítimas de abuso sexual

O site do novo Juíz do Tribunal Supremo norte-americano tornou-se num refugio para vítimas de abuso sexual

Após a nomeação do juíz Brett Kavanaugh para o mais alto tribunal norte-americano, o site brettkavanaugh.com foi transformado num refúgio e apoio para sobreviventes de agressão sexual.

O site foi criado por um ativista integrante do Fix The Court (uma organização que visa tornar o Tribunal Supremo mais responsável), que comprou o domínio há três anos, escreve o jornal britânico ”Independent”.

Num comunicado publicado no site da Fix the Court, Gabe Roth, diretor executivo da organização, disse que teve a ideia depois de acompanhar as audiências e ouvir os testemunhos de Kavanaugh e Christine Blasey Ford no Congresso, na semana passada.

O site tornou-se num lugar para apoiar as vítimas de violência sexual em tempos em que o presidente Donald Trump nega e descarta alegações como uma “farsa” provocada “por pessoas más”.

Em resposta a tais alegações, o site afirma: “O início do mandato de Brett Kavanaugh no Tribunal Supremo pode parecer uma vitória para um grupo de interesse ou outro. Mas, mais importante, está a dar um foco nacional à questão da agressão sexual. – e nós, como país, podemos e devemos fazer mais para preveni-lo e apoiar aqueles que passaram por isso”.

Relacionadas

Melania sobre #MeToo: vítimas têm de mostrar “provas evidentes”

A mulher de Donald Trump diz que apoia as vítimas de abusos sexuais, “não apenas as mulheres, mas também os homens”, mas defende serem necessárias “provas evidentes” para acusar alguém.

Senado dos EUA aprova nomeação do juiz Brett Kavanaugh para o Supremo Tribunal

Apesar dos testemunhos de três mulheres que o acusam de má conduta sexual, a nomeação de Kavanaugh como juiz do Supremo Tribunal foi hoje aprovada no Senado dos EUA, com 50 votos a favor e 48 contra. Apenas dois senadores não votaram alinhados com os respetivos partidos (uma republicana absteve-se e um democrata votou a favor).

“Nego as acusações imediata, categórica e inequivocamente” afirma Kavanaugh

“A minha família e o meu nome foram completamente destruídos” admitiu o juíz nomeado a Supremo Tribunal
Recomendadas

Comunidade Económica da África Ocidental quer moeda única em 2020

Os 15 países da CEDEAO reafirmaram esta segunda-feira, em Abidjan, o objetivo de lançar uma moeda única em 2020, apesar dos “desafios” deste projeto pensado há 30 anos.

Crise em Angola obriga empresários a recrutarem mais talentos angolanos

Estudo divulgado esta segunda-feira revela que as empresas angolanas, em 2018, recrutaram mais licenciados e bacharéis para trabalhar na área tecnológica, com maior domínio de HTML, Java, SQL, Visual Basic e Visual Basic Net.

Morsi, antigo presidente do Egito, morre em tribunal

O antigo presidente do Egipto Mohammed Morsi, acusado de espionagem, morreu em tribunal, avança a televisão pública egípcia.
Comentários