Sonae IM cria grupo europeu líder em cibersegurança

O grupo português comprou mais uma empresa de cibersegurança, dando origem a um negócio que está posicionado num dos setores de maior crescimento nos próximos anos.

A Sonae Investment Management (Sonae IM), braço de investimento em tecnologia do grupo Sonae, anunciou a aquisição de uma posição maioritária na Excellium, líder luxemburguês em serviços de cibersegurança, com presença na Bélgica e com mais de 100 profissionais.

A Excellium fornece serviços profissionais e geridos, nomeadamente através da sua solução proprietária de gestão de cibersegurança – SOC Eyeguard (security operations center). A empresa conta com uma base de clientes que inclui “as mais conceituadas instituições financeiras, entidades governamentais e outros grupos económicos com atividade no Benelux”, refere o grupo em comunicado.

Com esta transação, a Excellium e a S21sec – empresa já no portfólio da Sonae IM, líder e pioneira a nível Ibérico de serviços de cibersegurança, com presença relevante na América Latina – reforçam o seu portfólio de serviços e tecnologias, “permitindo aos clientes o acesso a uma oferta ainda mais completa, inovadora e integrada de soluções de cibersegurança”.

Tendo em conta que o cibercrime tem vindo a crescer de forma exponencial, não só em número de incidentes, mas também em termos de impacto e complexidade, “a realização deste investimento é particularmente importante porque aumenta a capacidade de inovação de ambas as empresas, para a prestação de serviços altamente especializados no combate a estas ameaças”.

“A significativa escala europeia destas duas empresas, com presença em vários países, permitir-lhes-á endereçar a exigência crescente de todas as organizações e, mais especificamente, as necessidades das grandes empresas no espaço Europeu, garantindo uma resposta ágil e rápida de equipas altamente especializadas, próximas do cliente”, refere ainda o documento.

No contexto da atual fragmentação do mercado de cibersegurança, este processo de consolidação posiciona a Excellium e a S21sec como um dos líderes Europeus independentes de Serviços Geridos de Segurança, com mais de 500 profissionais e com a capacidade de acelerar o seu plano de crescimento.

 

Ler mais
Recomendadas

Lucros da REN recuam 8,1% em 2018 devido à CESE

REN anunciou redução dos lucros em 2018 e justificou a quebra com a subida da taxa de imposto.

34 anos depois, Wall Street volta a ‘vestir’ Levi Strauss. Regresso com subida superior a 30%

Para regressar aos mercados, a empresa colocou em circulação 36,66 milhões de ações, que chegaram aos investidores com um preço fixado de 17 dólares por título, um valor superior ao valor de referência fixado na oferta de saída que se situava entre os 14 e os 16 dólares.

Grupo Sonae investiu 1,2 mil milhões em 2018

O grupo não está preocupado com a entrada da Mercadona no território nacional – “já enfrentámos franceses e alemães”. E, por outro lado, ainda não desistiu de todo do IPO que, em 2018, não conseguiu levar por diante com a Sonae MC.
Comentários