S&P 500 cai pela sexta sessão consecutiva e Wall Street termina em terreno negativo

O industrial Dow Jones fechou a perder 2,13%, para 25.052,97 pontos; o financeiro S&P 500 caiu 2,06%, para 2.728,37 pontos; e o Nasdaq recuou 1,25% para 7.329,06 pontos.

Crash de 25% em Wall Street

Os três principais índices bolsistas norte-americanos encerraram a sessão desta quinta-feira em baixa, dando continuidade a uma tendência pessimista iniciada no começo da semana. Má figura tem feito o financeiro S&P 500 que caiu pela sexta sessão consecutiva. Também o Nasdaq ainda não recuperou da sessão de ontem, a pior em sete anos.

O industrial Dow Jones fechou a perder 2,13%, para 25.052,97 pontos; o financeiro S&P 500  caiu 2,06%, para 2.728,37 pontos; e o Nasdaq recuou 1,25% para 7.329,06 pontos.

Embora o setor tecnológico tenha recuperado da sessão anterior, as empresas do setor não sairam do terreno negativo.

 

Recomendadas

Wall Street fecha em alta com investidores esperançados em acordo entre EUA e China

Trump acrescentou que o prazo de 1 de março, a partir do qual os Estados Unidos da América ameaçam agravar as taxas alfandegárias sobre as importações provenientes da China, não era “uma data mágica”, o que pareceu oferecer um pouco mais de flexibilidade aos negociadores.

Euronext premeia diretor-adjunto do Jornal Económico com ‘Best Media Article on Capital Markets’

Shrikesh Laxmidas foi esta terça-feira galardoado com o prémio ‘Best Media Article on Capital Markets’ nos Euronext Lisbon Awards 2019.

Dividendo, a difícil arte de remunerar o acionista

Numa altura de taxas de juro ultra-baixas, as cotadas usam os dividendos para atrair e cativar os investidores. A fórmula não é, no entanto, linear pois nem sempre a manutenção ou subida dos valores é sinal positivo. Leia aqui o artigo do diretor-adjunto do Jornal Económico, Shrikesh Laxmidas, que venceu esta terça-feira o prémio da Euronext – Lisbon Awards 2019 para ‘Best Media Article on Capital Markets’.
Comentários