Sporting perde mais de dois milhões em bolsa esta quinta-feira, após apenas duas transações

A descapitalização do Sporting CP na bolsa nacional ocorre no dia seguinte ao esclarecimento que o clube de Alvalade deu à Comissão dos Mercados e Valores Mobiliários. Segundo o clube, nenhum atleta ou membro da equipa técnica está suspensou ou viu o seu contrato rescindido ou manifestou intenção de rescisão.

Bruno De Carvalho
Ler mais

O Sporting Clube de Portugal SAD perdeu 2,34 milhões de euros em capitalização de mercado na Bolsa de Lisboa, esta quinta-feira de manhã, apenas com duas transações.

A queda da capitalização em bolsa do clube de 29,68 milhões, registado no fecho da sessão de quarta-feira, para os atuais 27,34 milhões resulta de uma desvalorização de quase 8% das ações ‘leoninas’, na primeira metade da sessão da praça lisboeta.

Em plena crise, e após nenhum título verde e branco ter sido negociado nas duas primeiras sessões da semana, as ações dos ‘leões’, caíram esta quinta-feira 7,89%, para 0,70 euros.

Na primeira ronda de negociação por chamada, que ocorre pelas 10h30, foram transacionados 360 títulos do Sporting CP ao preço de 0,70 euros. O tombo nas ações do clube representa um decréscimo de 0,06 euros no valor por título verde e branco, face ao último valor de fecho. Na sessão de quarta-feira, a sessão fechou com as ações do Sporting a valerem 0,76 euros, após a movimentação de 350 títulos.

Este tombo de 7,89% faz com que o acumulado do ano, embora positivo, se fixe em 4,48%.

A descapitalização do Sporting SAD na bolsa nacional ocorre no dia seguinte ao esclarecimento que o clube de Alvalade deu à Comissão dos Mercados e Valores Mobiliários. O clube diz não haver “qualquer suspensão ou rescisão do vínculo laboral de qualquer dos elementos da equipa técnica do plantel principal de futebol profissional”; e que “não foi manifestada qualquer intenção de rescisão dos contratos de trabalho por parte de qualquer jogador da equipa principal de futebol profissional”.

Na análise destes valores, compreenda-se que a cotação do Sporting em bolsa é de reduzida liquidez (o mesmo ocorre com FC Porto e SL Benfica). E por isso, a transação de ações do Sporting é efetuada apenas duas vezes ao dia, por chamada telefónica: uma às 10h30 e outra às 15h30, apesar das ordens estarem sempre a entrar no sistema.

Este método de investimento em bolsa abrange cotadas com pouca liquidez e pouca dispersão em bolsa.

Relacionadas

Sporting: Bruno de Carvalho vai mover processo contra Ferro Rodriges e critica Marcelo

Bruno de Carvalho disse à Lusa que vai mover um processo contra o Ferro Rodrigues, comentadores e jornalistas por o terem “difamado e caluniado”, após os atos de violência em Alcochete. Critica também a posição do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, dizendo que “lhe está a imputar responsabilidades”, (…) deixando instalar a dúvida”.

Ferro Rodrigues “nada tem a dizer” sobre processo de Bruno de Carvalho

O presidente da Assembleia da República disse hoje que nada tem a dizer sobre as acusações feitas pelo presidente do Sporting, que numa nota enviada à Lusa o considera belicista e anuncia que lhe irá mover um processo cível.

Governo garante estar a preparar alteração à lei da violência no desporto

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto recordou hoje em Coimbra que no dia 03 de abril anunciou na Assembleia da República que o Governo estava a preparar uma alteração à lei da violência no desporto.
Recomendadas

E-toupeira: novos emails divulgados indiciam ofertas a árbitros

“Correio da Manhã” e “Record” noticiam mensagens publicadas no blog intitulado “Mercado de Benfica” indiciam a existência de ofertas a árbitros, que incluem prostituição e o pagamento de contas de hotel, assim como registam a existência de uma relação estreita entre o Benfica e as suas claques.

Lucros do Benfica caem 53,7% para 20,5 milhões

O clube encarnado anunciou à CMVM lucros de 20,58 milhões de euros no exercício de 2017/2018, o que corresponde a uma queda de 53,7% face aos 44,53 milhões na época passada.

Transferências milionárias são um problema no futebol? FIFA prepara uma revolução

De acordo com um relatório da FIFA, encomendado por Gianni Infantino, o presidente do organismo máximo do futebol internacional pretende introduzir alterações no mercado de transferências. Entre os vários problemas, a especulação é a grande visada. Para já, é de esperar um limite aos empréstimos.
Comentários