SRS Advogados nomeia quatro novas sócias

As advogadas Cláudia Varela (Laboral e Segurança Social), Maria Paula Milheirão (Corporate e M&A), Neuza Pereira de Campos (Imobiliário) e Raquel Cuba Martins (Corporate e M&A) foram promovidas.

A SRS Advogados anunciou a nomeação de quatro advogadas coordenadoras a sócias. A promoção de Cláudia Varela (Laboral e Segurança Social), Maria Paula Milheirão (Corporate e M&A), Neuza Pereira de Campos (Imobiliário) e Raquel Cuba Martins (Corporate e M&A) fazem, assim, com que o escritório liderado por Pedro Rebelo de Sousa passe a ter uma equipa de 27 sócios, sendo que 12 são mulheres.

“É um passo muito importante na afirmação no crescimento orgânico da sociedade. Para nós, é fundamental dar continuidade à nossa cultura de meritocracia e de retenção de talentos”, afirma o managing partner desta sociedade de advogados. “Confirma ainda o quanto a diversidade se encontra impregnada no nosso ADN”, diz.

Cláudia Varela – Advogada que transitou da PLMJ e foi agora nomeada sócia do departamento de Direito Laboral e Segurança Social. A sua experiência passa pela assessoria jurídico-laboral e apoio à gestão de recursos humanos a empresas nacionais e internacionais.

Maria Paula Milheirão – Advogada que chegou à SRS em 2001 e se tornou coordenadora do departamento de Corporate/M&A. O percurso profissional conta com duas décadas de experiência.

Neuza Pereira de Campos – Advogada que iniciou a sua carreira como estagiária da Simmons & Simmons Rebelo de Sousa (atual SRS) em 2003, tendo-se tornado advogada coordenadora do departamento de Direito Imobiliário que lidera desde 2018.

Raquel Cuba Martins – Advogada que está na firma desde 1999 e se tornou coordenadora e, mais recentemente, sócia do departamento de Corporate/M&A. Lidera a prática de Imigração e Cidadania e tem mais de 20 anos de experiência em assessoria.

Ler mais
Recomendadas

Um novo paradigma: jurista global e digital

Não menos importante do que preparar os novos juristas para trabalhar num mundo global, é desenvolver neles um forte sentido crítico e a consciência de que o Estado de Direito democrático não é um dado adquirido.

PLMJ recebe evento da Startupbootcamp

Esta terça-feira, 15 a 20 startups realizam diversos pitches nesta sociedade de advogados.

Hipoteca inversa ou reversiva, já ouviu falar?

Esta hipoteca funciona como segurança do crédito do banco, tal como na hipoteca do crédito à habitação, isto é, como garantia do pagamento do valor do empréstimo.
Comentários