Startup portuguesa eSolidar vai lançar moeda digital

A plataforma, que funciona como uma espécie de loja solidária online, concluiu a segunda campanha de financiamento na Seedrs de 150 mil euros.

A startup portuguesa eSolidar concluiu a sua segunda campanha de financiamento na Seedrs e vai lançar uma moeda digital. A empresa, que funciona como uma espécie de loja solidária online, recorreu ao investimento de 150 mil euros oriundo da plataforma de equity crowdfunding e prepara-se para avançar com uma Oferta Inicial de Moeda (ICO) ainda em 2018.

“Doadores, instituições de solidariedade, causas e projetos irão beneficiar muito dos serviços possibilitados através da tecnologia blockchain”, acredita o CEO da eSolidar. Marco Barbosa considera que a plataforma de angariação de fundos pode beneficiar de uma “interface fácil de usar”, que conecte a comunidade.

A campanha de financiamento na capital de risco portuguesa envolveu mais de uma centena de investidores, em troca de 4,6% do seu capital, e avaliou a empresa em 3,12 milhões de euros. Ainda assim, durante os próximos dias continuará ativa, segundo um comunicado das empresas.

As maneiras de ajudar através da eSolidar passam por licitar num leilão solidário, adquirir artigos solidários e vender e apoiar uma organização. Depois de entrar na blockchain, com a ajuda da Seedrs, a plataforma espera mais transparência e inclusão através de uma “base de dados descentralizada para rastrear transações, criptografia para transferir fundos e smart contracts”.

“É uma grande satisfação conseguir concluir, pela segunda vez, uma campanha de financiamento através do modelo de equity crowdfunding”, diz o número um da eSolidar. “Ao atingirmos este objetivo, chegando a um vasto número de investidores e potenciais clientes e parceiros, vamos conseguir fortalecer a nossa proposta de valor e estar estrategicamente posicionados para escalar as vendas”, afirma.