Tancos: Havia mísseis nos paióis roubados, diz Exército

Chefe do Estado-Maior diz que o Exército não recebeu informações sobre o risco de existirem assaltos a Tancos.

Entre os paióis em Tancos existiam mísseis Milan e TOW, que não foram levados, segundo o chefe do Estado-Maior do Exército, Rovisco Duarte, escreve o Diário de Notícias.

Segundo as informações prestadas pelo chefe do Estado-Maior, os mísseis Milan e Tow podem não ter sido roubados derivado ao seu peso ou volume.  O Diário de Notícias explica a diferença entre os Milan e Tow. Os primeiros são mais pequenos e leves para uso manual dos soldados, já os TOW são maiores e mais pesados, sendo utilizados a partir de viaturas.

Segundo as informações do jornal diário, o Exército não recebeu informações sobre o risco de existir assaltos a Tancos.

Relacionadas

Tancos: Exército considera “normal” demorar 73 dias para autorizar vedação

Exército demorou 40 dias, ainda que tivesse a verba disponível, a enviar o pedido de autorização ao ministro Azeredo Lopes. Chefe de Estado-Maior do Exército já reagiu.

Tancos: Armas roubadas já tinham sido apreendidas pela PJ

PJ detetou uma rede de tráfico em que estaria alegadamente envolvido um sargento-chefe dos Paraquedistas de Tancos e alertou para a possibilidade de estarem a ser desviadas armas de quartéis.
Recomendadas

Passageiros da Mafrense receiam falta de autocarros

Empresas de transportes, como a rodoviária Mafrense, enfrentam falta de motoristas para responder ao aumento de passageiros provocado pelo disparo no pedido de passes sociais, ocorrido a partir desta semana.

Secretário de Estado das Comunidades lamenta morte de português nas explosões do Sri Lanka

José Luís Carneiro, disse já ter falado com a esposa do português que faleceu hoje no Sri Lanka, a quem transmitiu uma mensagem de condolências e deixou os contactos para prestar “o apoio devido e indispensável nesta altura”.

GNR regista 615 acidentes com 22 feridos graves e um morto na Operação Páscoa

O acidente, que causou uma vítima mortal, resultou da colisão entre três veículos, no concelho de Valença, tendo provocado ainda cinco feridos, dois dos quais com gravidade.
Comentários