TAP: rotas internacionais transportaram mais de 290 mil passageiros para o Funchal só este ano

Companhia diz ter contribuído fortemente para o crescimento turístico na Madeira, mas o Governo Regional pensa o contrário e vai manter a ação judicial “pelos cancelamentos, os sistemáticos atrasos de voos e os preços pornográficos praticados pelas ligações para a Madeira”.

Foto Luís Santos
Ler mais

Há mais de meio século a voar para a Madeira, a TAP registou este ano um crescimento de 18% no número de passageiros provenientes das rotas internacionais para a Madeira. Até maio, a companhia aérea transportou para o Funchal, segundo dados a que o Económico Madeira teve acesso, mais de 290 mil passageiros oriundos de todas as rotas internacionais em que opera.

A  transportadora que voa 70 vezes por semana para a Madeira e seis vezes por semana para o Porto Santo apresenta um saldo positivo também no transporte de passageiros com origem da Europa e dos Estados Unidos, com crescimentos da ordem dos 41% e 15%.

“O Programa Stopover, que no ano passado foi estendido à ilha da Madeira, também deu um forte contributo para este crescimento, incentivando os turistas a conhecer dois destinos portugueses na mesma viagem”, afirma fonte da companhia aérea.

Governo da Madeira diz que regozijo da TAP pelo crescimento na Madeira “é digno dos compêndios de psicologia”

Apesar de positivos, os números apresentados pela TAP para a Madeira estão longe de apaziguar a ‘guerra’ entre a transportadora e as autoridades regionais que, garantem, vão manter a ação judicial e o pedido de indemnização à transportadora  “pelos cancelamentos, os sistemáticos atrasos de voos e os preços pornográficos praticados pelas ligações para a Madeira”. Nas contas do executivo liderado por Miguel Albuquerque foram 75 voos cancelados desde janeiro deste ano.

“Não se consegue entender como é que uma companhia trata tão mal o destino onde teve o seu maior crescimento”. Esta é a reação do Governo da Madeira face aos números de crescimento da TAP na rota para a Madeira.

O Governo madeirense considera mesmo que “é digno dos compêndios de psicologia encontrar uma explicação plausível para a TAP vir se congratular pelo crescimento do número de passageiros transportados para e do aeroporto da Madeira, como se algum mérito tivesse nesse mesmo crescimento” e lança a questão “se a oferta de lugares é tão grande como é que se praticam preços tão escandalosos e se há mais voos como é que os preços continuam a aumentar?”.

A Madeira entende que o aumento da procura pela Região deve-se ao esforço de promoção das entidades regionais e não à TAP.

Recomendadas

Projeto Macaronight chega à Madeira para aproximar ciência da população

Entre os destaques do evento está uma corrida de robots para famílias. O projeto envolve a Madeira, Açores, Gran Canaria e Tenerife e tem financiamento europeu.

Funchal recebe reunião do grupo geopolítico dos 12+

O plano e orçamento, a crise migratório, e a situação da Venezuela, serão alguns dos temas discutidos na reunião da União Interparlamentar (UIP).

Governo da Madeira anuncia apoio para passes de estudantes

O presidente do Governo da Madeira anunciou hoje que vai ser incluída no Orçamento Regional de 2019 uma verba para apoiar os passes de estudantes nos transportes públicos urbanos e interurbanos, que abrangerá “todas as famílias” da região.
Comentários