TAP transportou mais de 12 milhões de passageiros até setembro

A taxa de ocupação média dos lugares fixou-se nos 82,4%, até setembro.

Com o registo de ter movimentado 1,48 milhões de passageiros no mês de setembro, a TAP já ultrapassou a marca dos 12 milhões de passageiros transportados nos nove primeiros meses do ano, o que corresponde a mais 13,6% que em igual período de 2017, segundo o comunicado pela transportadora aérea esta quarta-feira. Este valor é também superior ao número total de passageiros transportados pela TAP, em 2016: 11,7 milhões.

A taxa de ocupação média dos lugares fixou-se nos 82,4%, até setembro, sendo os voos que ligam Lisboa ao Porto, Madeira e Paris, em França, serem os que mais passageiros transportaram, em setembro – 191 mil.

“Também na carga, a TAP teve em setembro um mês de crescimento. A companhia transportou 6 813 toneladas de carga e correio, o que representa um aumento de 8,5 por cento face ao período homólogo de 2017”, lê-se no documento enviado à redação.

Relacionadas

Aeroporto do Montijo “não será ‘low cost'”, garante presidente executivo da ANA

Thierry Ligonnière recordou que o atual aeroporto, Humberto Delgado, vai manter o seu papel de ‘hub’ (plataforma de ligações aéreas), nomeadamente da TAP, enquanto a estrutura complementar prevista para o Montijo será para “ponto a ponto, para as companhias que o desejarem”.

TAP inicia recrutamento internacional de 300 pilotos

Está previsto que a TAP contrate mais de 300 pilotos serão até ao final de 2019.
Recomendadas

S&P sobe rating da REN para dois níveis acima de lixo

O rating da empresa liderada por Rodrigo Costa está ainda um nível acima da classificação que a S&P atribuiu à dívida soberana portuguesa (BBB-).

Respostas Rápidas: Quem é Paul Singer, o novo acionista da EDP?

Paul Singer adora comprar ativos problemáticos. Ganhou o gosto no final dos anos 70 quando constituiu o fundo para gerir o património da família. Já ganhou e perdeu milhões em todo o mundo, incluindo Portugal.

Glovo celebra primeiro aniversário com entregas a 1 euro

A startup espanhola celebra o seu primeiro ano de atividade, e como recompensa, todas as entregas de restaurantes realizadas durante esse dia terão um custo de 1 euro.
Comentários