TAP vai criar pontes aéreas entre Lisboa, Porto e Madrid

Está prevista uma nova ligação entre Lisboa e Santiago de Compostela e o reforço de outras ligações da capital portuguesa a Espanha, como Barcelona, Bilbau, Valência, Málaga e Sevilha.

António Pedro Santos/Lusa

No novo plano de rotas para 2020, a TAP prevê a criação de duas novas pontes aéreas entre as duas principais cidades portuguesas, Lisboa e Porto, e a capital espanhola, Madrid.

“No Porto, entre 2017 e 2018, a TAP registou um aumento de 20% em número de passageiros, ultrapassando pela primeira vez a marca dos dois milhões. As perspetivas são igualmente positivas para este ano de  2019, considerando que, entre janeiro e julho, a TAP está já a crescer 11%”, revela a companhia aérea nacional, em comunicado.

Segundo a TAP, estes são “números de sucesso, que permitem à TAP, em 2020, implementar ajustes na rede do Porto, com o objetivo de redirecionar a capacidade para mercados onde a competitividade da companhia seja maior”.

“Assim, a TAP redireciona a capacidade dos voos Porto-Barcelona e Porto-Lyon, suspendendo a operação nesses mercados, que conta com ampla oferta da concorrência, para construir a novíssima ponte aérea entre Porto e Madrid, que contará com seis frequências diárias, mais que o dobro da oferta atual. Permite ainda aumentar as ligações entre o Porto e o Funchal com mais um voo diário, a meio do dia, operado no novo Airbus A321neo Long Range e fazer a operação diária do Porto-Newark (EWR) e a quarta frequência semanal Porto-São Paulo”, explica o referido comunicado.

Ainda a partir do aeroporto Francisco Sá Carneiro, está previsto que a ponte aérea a jato para Lisboa ganhe mais uma frequência diária em relação ao verão de 2019.

“Com estes ajustes, a TAP aumenta ligeiramente as frequências no Porto em 2020 e assegura o espaço reconquistado nos últimos dois anos”, garante a administração da companhia.

No aeroporto da capital, está previsto um fortalecimento contínuo do ‘hub’ aeroportuário.

“Em Lisboa, o número de passageiros continua também a subir: 8,8%, entre 2017 e 2018, e, este ano, já com um crescimento de 6%. À saída da capital portuguesa, a capacidade dedicada a Estugarda, Colónia e Basileia, será redirecionada para outros mercados”, sendo as referidas rotas canceladas.

A empresa liderada por Antonoaldo Neves adianta que “será criada uma nova ponte aérea ligando Lisboa a Madrid”.

“Além disso, a TAP lançará uma nova rota para Santiago de Compostela, e reforça outras ligações a Espanha, acrescentando voos diários entre Lisboa e as cidades de Barcelona (seis para sete diários), Bilbau, Valência e Málaga (todos de dois para três diários), e Sevilha (de três para quatro voos diários)”, revela a TAP.

A companhia aérea nacional acrescenta que também Casablanca, a maior cidade de Marrocos, “contará com mais uma frequência diária à saída de Lisboa, melhorando assim a conectividade com a rede intercontinental da TAP”.

“A rota de Telavive, que abriu este ano, é um sucesso comprovado, motivo pelo qual a companhia aposta agora em dois voos diários, em vez de apenas um, e ambos com o moderno A321 Long Range, permitindo assim melhor conectividade de Israel com os Estados Unidos e Brasil”, assegura a TAP, acrescentado que a transportadora aérea passará também a voar para Moscovo com A321LR, “permitindo corresponder às exigências de conforto dos passageiros que voam para aquele destino”.

“A aposta em equipamentos mais modernos, eficientes e confortáveis, permitem também que a TAP consiga, já este ano, disponibilizar os novos A330neo aos passageiros que voem para Luanda, a partir de outubro e, até final do ano, para os passageiros que voem para Maputo”, assegura a administração da companhia aérea nacional.

A TAP relembra que os planos de novas rotas para 2020 está naturalmente sujeito à obtenção de ‘slots’ (faixas horárias), “processo que se inicia agora em Agosto”.

Ler mais
Relacionadas

TAP aposta em novas rotas para os EUA e Brasil em 2020

No próximo ano, a companhia aérea nacional vai manter a sua grande aposta nos Estados Unidos, com quatro voos diários para Nova Iorque: duplicam as frequências diárias entre Lisboa-Nova Iorque (JFK), além do voo Lisboa-Newark (EWR) e do Porto-Newark (EWR), que passa a ser diário.
Recomendadas

EDP Serviço Universal vai ter novo nome e imagem

A SU Eletricidade é a empresa do grupo EDP para o mercado regulado de eletricidade que conta com um milhão de clientes domésticos.

Ações da Cofina valorizam mais de 14%

A empresa de Paulo Fernandes viu levantada a suspensão das ações esta segunda-feira.

Vendas de Os Mosqueteiros sobem 10% em 2018 para 2,2 mil milhões de euros

As vendas de Os Mosqueteiros subiram 10% no ano passado, face a 2017, para 2,2 mil milhões de euros, anunciou esta segunda-feira o grupo, que prevê a abertura de “uma centena de novos pontos de venda” no mercado português.
Comentários