Tarros e Arkas fazem a primeira escala em Leixões

A partir de agora, com o serviço Great Pendulum, o Porto de Leixões vai ter ligações regulares com portos em Itália, Grécia, Turquia, Líbano, Egito e Marrocos.

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), diz em comunicado que com os novos operadores, Leixões reforça ligação com o mercado do Mediterrâneo.

Os armadores Tarros e Arkas fizeram a primeira escala no Porto de Leixões com o Vento di Zéfiro. A estreia ocorreu esta quarta-feira, 13 de junho, e marca o início de uma ligação regular a partir deste porto com o mercado do Mediterrâneo, diz a nota.

A partir de agora, com o serviço Great Pendulum, o Porto de Leixões vai ter ligações regulares com portos em Itália, Grécia, Turquia, Líbano, Egito e Marrocos.

“Este é o resultado do serviço Great Pendulum, uma parceira entre os armadores Tarros e Arkas, que decidiram apostar em Leixões e, nesse sentido, vão passar a escalar este porto com cinco navios com a capacidade para cerca de 1.100 TEUs cada”, refere a administração dos portos.

“Com esta nova rota marítima as empresas portuguesas vão passar a dispor, a partir de Leixões, de mais uma alternativa para exportar para o Mediterrâneo. A nova linha trará, certamente, mais-valias para a economia da região, que vai passar a ter acesso mais facilitado a um mercado altamente estratégico”, refere a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

“Recorde-se que grande parte das ligações regulares a partir de Leixões se fazem, maioritariamente, com recurso a trânsito em portos europeus a norte, pelo que este novo serviço vem oferecer à infraestrutura portuária e às empresas que nela operam o reforço deste mercado estratégico”, lê-se no comunicado.