Tauromaquia com IVA de 13%

A tauromaquia será a excepção dos espectáculos culturais no que toca ao IVA reduzido.

A isenção de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) de que beneficiavam os “artistas tauromáquicos” vai acabar no próximo ano, segundo uma proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019).

A proposta de Orçamento de Estado para 2019 prevê que “seja aditada à Lista II anexa ao Código do IVA (bens à taxa intermédia), as prestações de serviços efetuadas aos respetivos promotores por artistas tauromáquicos, atuando quer individualmente quer integrados em grupos, em espetáculos tauromáquicos”.

É a concretização da promessa feita ao PAN pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, e o líder do grupo parlamentar do PS, Carlos César.

O Bloco de Esquerda anunciou que o IVA aplicado sobre os espetáculos culturais vai descer de 13% para 6%.

Com a redução do IVA, estima-se que o Estado perca entre 11 e 17 milhões de euros com os ingressos vendidos nestes espetáculos, face ao que receberia se a taxa se mantivesse nos 13%.

 

Ler mais
Recomendadas

Seis realizadores vão receber 2,5 milhões de euros para apoio a primeiras longas de ficção

A este programa de apoio candidataram-se 62 projetos de longa-metragem, tendo o júri e o conselho diretivo do ICA decidido atribuir as verbas a seis produções.

António Lobo Antunes apresenta “José Cardoso Pires e o leitor desassossegado”

Nesta obra, o autor demonstra que a bibliografia de José Cardoso Pires não contém ingredientes de policiais ‘à americana’, e que, nos títulos do escritor português de “O Delfim” e “Balada da Praia dos Cães”, o leitor “é convidado a entrar na investigação”.

“Se puder impedir o meu filho de ser gay eu faço-o”. Kevin Hart desiste de apresentar Óscares após críticas

O ator e comediante desistiu de apresentar a cerimónia dos Óscares de 2019 devido ao coro de críticas nas últimas horas sobre afirmações do norte-americano que têm mais de sete anos, consideradas ofensivas pela comunidade homossexual.
Comentários