Taxistas acusam gabinete do primeiro-ministro de “manobra de diversão”

Representantes do setor do táxi reuniram-se hoje à tarde com um assessor de António Costa para a área económica.

Cristina Bernardo

Os taxistas consideraram hoje a reunião com um assessor do primeiro-ministro “uma manobra de diversão”, pelo que vão continuar a manifestar-se e mantém também o protesto agendado para quarta-feira junto à Assembleia da República, em Lisboa.

Os representantes do setor do táxi reuniram-se hoje à tarde com um assessor de António Costa para a área económica.

No âmbito da deslocação dos Restauradores até à Praça do Comércio estava prevista uma vigília em frente ao gabinete do primeiro-ministro, mas os taxistas decidiram regressar à Praça dos Restauradores.

De acordo com o presidente da Federação Portuguesa do Táxi, Carlos Ramos, o que está em causa é uma “pequena alteração” na lei para que sejam as câmaras municipais a ter a capacidade e competências para determinar contingentes no atual funcionamento das plataformas eletrónicas de transporte de passageiros.

Recomendadas

Governo admite recorrer a hospitais privados para realizar cirurgias adiadas pela greve dos enfermeiros

Marta Temido realçou a tentativa do Governo para que algumas destas cirurgias possam realizar-se nos hospitais onde decorre a paralisação, que já adiou cerca de 5 mil operações programadas.

APREN apresenta estudo sobre o sistema elétrico nacional com cenário até 2040

“As renováveis são competitivas quando comparadas com o custo marginal das energias fósseis e, mesmo com valor de CO2 baixo, irão ser a trajetória mais eficaz de desenvolvimento do sistema”, destaca o estudo da APREN.

Setor da cerveja injeta na economia europeia o equivalente ao PIB do Luxemburgo

O setor da cerveja injetou 50 mil milhões de euros na economia europeia, o equivalente ao PIB do Luxemburgo. As 9.500 cervejeiras geram ainda cerca de 2,3 milhões de empregos, segundo o último relatório da organização Brewers of Europe sobre o comportamento do setor.
Comentários