TecMinho abre candidaturas para Laboratório de Ideias de Negócio

O programa de aceleração de ideias de negócio destina-se a todos os alunos, diplomados, docentes e investigadores do ensino superior. O período de candidaturas termina a 20 de outubro.

Crie um espaço de trabalho produtivo e criativo.

O programa de aceleração de ideias de negócio da TecMinho IdeaLa regressa já este outubro, podendo concorrer alunos, diplomados, docentes e investigadores do ensino superior.

Cada candidato, ou grupo de candidatos até cinco elementos, só pode apresentar uma ideia. Findo o perído de candidatura, os inscritos participarão na “Sessão de Ideação”, uma sessão criativa de pré-seleção e pré-análise da ideia e do perfil empreendedor, que se realiza dias 30 e 31 de outubro.

O apoio disponibilizado no IdeaLab por uma equipa de tutores e mentores é gratuito e compreende seis workshops, subordinados aos temas: “Voice of the Customer”, Mercado, Estratégia, Finanças, Impacto e Elevator Pitch -, bem como tutoria, networking e coaching.

A candidatura é formalizada mediante o preenchimento de um formulário, acompanhado de um curriculum vitae do candidato.

 

Balanço de 20 edições

O IdeaLab apoia semestralmente a criação e o desenvolvimento de ideias de negócio de base tecnológica e/ou conhecimento intensivo ligadas à Universidade do Minho. Nas 19 edições anteriores, foram apoiados 646 empreendedores e 285 ideias de negócio. No total, desde 2009, foram constituídas 31 empresas, das quais sete são spin-offs da Universidade do Minho.

A iniciativa é co-financiada pelo projeto LACES, no âmbito do INTERREG – POCTEP.

Ler mais
Recomendadas

Estatuto de Jovem Empresário Rural prevê benefícios fiscais

Os jovens que conseguirem ter acesso a este estatuto contarão “com a abertura de concursos e/ou de apoios específicos”, com uma “majoração na atribuição de apoios”, a criação de “dotações financeiras específicas” na área do desenvolvimento territorial, destinadas ao apoio ao investimento.

Cuatrecasas apoia Indico Capital Partners na criação do fundo de 46 milhões de euros

A Cuatrecasas, Gonçalves Pereira prestou assessoria jurídica à Indico Capital Partners no lançamento do seu primeiro fundo de investimento em capital risco, com mais de 46 milhões de euros – comprometidos por investidores de oito países diferentes –, para investir em startups tecnológicas.

Bright Pixel fecha primeiro investimento nos EUA ao participar numa ronda de 1,8 milhões de euros

A Habit Analytics, startup que desenvolve soluções no espaço da ‘Internet das Coisas’, tem sede em Nova Iorque e a sua equipa de desenvolvimento em Portugal.
Comentários