Tempestade Ophelia mais perto dos Açores

O IPMA esclarece que o vento médio é agora de 75 quilómetros/hora e que as rajadas são na ordem dos 95 quilómetros/hora.

A intensidade do vento da tempestade tropical Ophelia aumentou nas últimas horas e está agora a 1.355 quilómetros dos Açores, anunciou esta noite o Centro de Previsão e Vigilância Meteorológica dos Açores.

De acordo com o comunicado, disponibilizado na página do Facebook da delegação regional dos Açores do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), às 21:00 locais (mais uma hora em Lisboa), “o centro da tempestade tropical Ophelia localizava-se a 1.355 quilómetros a oeste/sudoeste dos Açores, tendo a intensidade do vento aumentado nas últimas horas”.

O IPMA esclarece que o vento médio é agora de 75 quilómetros/hora e que as rajadas são na ordem dos 95 quilómetros/hora. “O ciclone Ophelia está a deslocar-se para nordeste a 06 quilómetros/hora”, adianta o IPMA, assinalando que é de esperar que “continue a intensificar-se nas próximas 48 horas”.

Contudo, ao longo do dia de terça-feira, “deverá deslocar-se para sudeste, pelo que deverá permanecer a sul da região pelo menos até sexta-feira, não se prevendo desta forma que afete o estado do tempo nas ilhas nos próximos quatro dias”.

“Devido a diferentes resultados dos modelos de previsão meteorológica, quer na intensidade quer na trajetória, a incerteza relativamente à previsão para o período superior a 96 horas permanece elevada”, salienta o IPMA.

Recomendadas

Táxis: Profissionais preparam-se para continuar protesto por tempo indeterminado

Os taxistas têm estado concentrados em Lisboa, Porto e Faro, com as viaturas paradas nas ruas, para tentar impedir a entrada em vigor, em 01 de novembro, da lei que regula as plataformas eletrónicas de transporte de passageiros em veículos descaracterizados de transporte que operam em Portugal – Uber, Taxify, Cabify e Chauffeur Privé.

Lei ‘Uber’ foi “aprovada por 80% dos deputados”, recorda Uber Portugal

Uber Portugal reage ao protesto dos taxistas e esclarece que lei foi aprovada por 80% dos deputados. Para a Uber, a lei que regula a atividade de TVDE traz “estabilidade e segurança jurídica” aos motoristas e utilizadores da Uber.

Universidade do Porto proíbe praxes que “atentem contra a dignidade”

O novo reitor emitiu um despacho ameaçando de expulsão os alunos que perpetuarem atos contrários aos regulamentos. A Universidade já antes tinha assumido esta postura, que se vai multiplicando em todo o país.
Comentários