Tempo é dinheiro: investir antes dos 30 — quem, como, quando, onde e porquê

Na hora de rentabilizar o seu dinheiro, opte pelas soluções que melhor se adaptam a si, e nunca esqueça que o tempo é o seu melhor aliado.

Todos sabemos que qualquer investimento implica risco e conhecimento. Para além disso, a oferta é muita e nem sempre facilita a escolha pela opção que nos é mais favorável. A pensar nisso, respondemos às cinco perguntas que podem permitir, desde já, rentabilizar as suas poupanças e planificar alguns dos objectivos a que se propôs atingir: quem, como, onde, porquê e quando. Tome nota e comece desde já a investir o seu dinheiro, até porque, quanto mais depressa, melhor. Preparado?

QUEM?
Qualquer pessoa, directa ou indirectamente, pode e deve investir as suas poupanças. Há várias opções para poder fazê-lo, das mais óbvias às mais inovadoras. Uma destas soluções é o depósito a prazo. Com as taxas próximas do zero e juntando a inflação, se optar por esta solução o investidor perderá uma parte das suas poupanças. Como resposta a esta questão, há também a possibilidade de arriscar um produto mais complexo… ainda que, neste caso, seja necessário existir um conhecimento prévio que contrabalance os riscos e garanta a rentabilidade. Há ainda a possibilidade de comprar directamente acções e obrigações no banco. Porém, a volatilidade dos mercados é difícil de antecipar, tornando-se esta, também uma solução ineficaz para muitos investidores. Para o aforrador que deseja tornar-se investidor a liquidez, ou seja, a possibilidade de resgatar uma aplicação, é algo intransponível. Porém, há a possibilidade de fazer do seu investimento um investimento atractivo, um produto capaz de solucionar a eventual necessidade de uma liquidez rápida…

COMO?
A Bondora é uma plataforma de crownlending, termo também conhecido como empréstimo p2p, ou empréstimo entre pessoas. Com mais de 10 anos de mercado, a Bondora conecta pessoas que precisam de pequenos empréstimos com pessoas que desejam investir as respectivas poupanças. O investidor que aplica fundos na Bondora está a emprestar micropartes do seu dinheiro a diferentes indivíduos. Estes tomadores de empréstimos pagam uma taxa de juro que se converte em remuneração para os investidores. Na prática, as pessoas emprestam dinheiro umas às outras, sendo a Bondora a intermediária destas operações. A plataforma alberga mais de 60 mil investidores de mais de 85 países do Mundo.

ONDE?
Para fazer do seu investimento uma experiência célere e eficaz, a Bondora criou a aplicação Go & Grow. Esta aplicação é uma modalidade automática dentro da plataforma da Bondora, que elimina toda a complexidade desse sistema, fazendo com que o investidor tenha somente de adicionar fundos na sua conta Go & Grow e… nada mais! O investimento é feito pela própria Bondora, concedendo ao investidor uma forma muito simples de investir, facilitando o processo de aplicações de fundos para quem não tem conhecimento do mecanismo do mercado financeiro e da atividade empresarial, ao mesmo tempo que agiliza a opção de sair das aplicações de forma fácil e rápida. Outra vantagem é a previsibilidade do investimento: a taxa esperada de retorno é de 6,75%* ao ano.

PORQUÊ?
A plataforma potencia ainda a criação de múltiplas contas Go & Grow para diferentes objetivos que tenha. O exemplo típico é de alguém que pretende reformar-se dentro de 30 anos, mas que também tem o objetivo de fazer uma viagem a um local exótico daqui a dois anos. A aplicação permite manter os fundos separados. É ainda possível permitir o acesso de outros à sua conta Go & Grow para que contribuam para o seu investimento. A solução ideal para os jovens adultos que querem receber contribuições de pais e parentes, ou para casais que desejem receber ajuda financeira de colegas e amigos, bastando que os pais ou outros familiares adicionem fundos à conta Go & Grow do investidor. Ou seja, quanto mais cedo fizer o seu investimento, maior será o retorno. Ao contrário dos juros simples, que crescem proporcionalmente com o tempo, os juros compostos crescem mais do que proporcionalmente com o tempo. Parece complicado, mas ao substituir as palavras por números, podem facilmente constatar-se as vantagens que o juro composto adquire, à passagem dos anos.

QUANDO?
Nada mais simples e que poderá conseguir em apenas dois minutos. Basta clicar aqui, preencher os dados com o nome, email e telefone e começar a investir com o Go & Grow.

Boa sorte e… bons investimentos.

 

 

*Como em qualquer investimento, o capital está em risco e os investimentos não são garantidos. O rendimento é de 6,75% ao ano. Antes de decidir investir, consulte por favor a declaração de risco da Bondora ou entre em contacto com o seu assistente financeiro.

 

 

Este artigo foi produzido em colaboração com a Bondora.

Photo by Melissa Walker Horn

Ler mais
Recomendadas

Renting: tempo é dinheiro

Um carro novo nem sempre obriga à sua compra. O renting é uma solução a ter em conta para quem quer um carro novo… seja particular ou empresa.

Clima: alterações também no investimento

No final de 2018, o Emission Gap Report das Nações Unidas revelou que as emissões de gases com efeito de estufa (GEE) voltaram a subir e o Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas assumiu que a temperatura já aumentou em média 1°C – em certas regiões ultrapassou 1,5°C -, alertando para a necessidade de esforços sem precedentes para travar este trajeto.

Afinal, que papel cabe aos administradores não executivos representar?

A pergunta é, propositadamente, provocatória e pretende agitar as mentes mais distraídas. E, para respondermos cabalmente a esta questão e para que não subsistam muitas dúvidas, vale a pena transcrever o que, a propósito, consagram alguns textos de autores de referência.
Comentários