Topo da agenda: o que não deve perder na economia e nos mercados esta semana

O Orçamento do Estado para 2018 continua a centrar as atenções no Parlamento, enquanto os Governadores do Banco Central Europeu têm uma semana cheia de eventos. Sexta-feira há o Black Friday, evento especial no calendário do retalho.

Ralph Orlowski/Reuters

Discussão do Orçamento entra na reta final

Após a audições aos ministros nas comissões, os partidos esta sexta-feira entregaram mais de 600 propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2018.

O processo entra agora na fase final, com discussão e votação na especialidade a ir ao plenário nas manhãs de terça, quarta e quinta,  e a prosseguir na Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa à tarde. A votação está marcada para segunda-feira, dia 27, às 10h00 da manhã.

BCE em foco

Os membros do Conselho de Governadores do Banco Central Europeu (BCE) têm as agendas completas esta semana. Na quarta-feira há uma reunião de política não-monetária em Frankfurt. No dia seguinte, os analistas e investidores irão estar atentos à divulgação de novos detalhes nas minutas da reunião de politica monetária que teve lugar em 25 e 26 de outubro. Após meses de debate sobre o assunto, o BCE decidiu nessa reunião prolongar o programa de compra de ativos para até setembro de 2018, mas com a valor mensal reduzido para 30 mil milhões de euros por mês, face aos 60 mil milhões em vigor até dezembro.

Durante o resto da semana vários membros do Conselho irão discursar ou participar em painéis de conferências. O presidente do BCE, Mario Draghi, inicia a semana com um discurso no Parlamento Europeu, enquanto o vice-presidente Vítor Constâncio discursa sobre a compatibilidade das uniões fiscais e financeiras da Europa. Benôit Coeuré, Peter Praet e Danièle Nouy também têm palestras marcadas para esta semana.

Black Friday

A tradição nasceu nos Estados Unidos, mas já é observada em vários outros países. Trata-se do termo usada para descrever a sexta-feira que se segue ao Thanksgiving. Não é um marco oficial no calendário, mas muitos trabalhadores aproveitam a ‘ponte’ para iniciar a época de compras para o Natal, tornando o Black Friday num dos melhores dias do anos para os retalhistas.

Tal como acontece nos Estados Unidos, por cá os lojistas também oferecem descontos e promoções para faturar o máximo possível. A Deco – Associação de Defesa do Consumidor alerta, no entanto, para a possibilidade de fraudes e aconselha os consumidores a compararem os preços antes de comprar.

Ler mais
Recomendadas

PremiumPortugal atinge recorde de 24 milhões de turistas em 2019

Presidente do Turismo de Portugal acredita que o crescimento verificado no final do primeiro semestre se irá manter na segunda metade do ano.

Tem carro a gasóleo? Vem aí novo aumento na próxima semana

Já a gasolina vai sofrer uma descida pela segunda semana consecutiva.

PremiumIndústria 4.0: Aposta na formação é essencial para futuro da economia

Em janeiro deste ano a CIP publicou um estudo, elaborado pela McKinsey Global Institute e pela Nova School of Business and Economics, que apontou que a robotização e automação de alguns setores da economia poderão extinguir 1,1 milhões de postos de trabalho na próxima década.
Comentários