Toscca assina contrato com a espanhola Telefónica

Um ano após ter sido dizimada pelos fogos, a Toscca celebra agora um contrato de dois milhões de euros para fornecer postes de madeira à gigante espanhola.

A Toscca – Equipamentos em Madeira, empresa que fabrica e comercializa produtos e soluções para outdoor no setor da madeira, celebrou recentemente um contrato com a espanhola Telefónica, uma das maiores companhias de telecomunicações fixas e móveis do mundo. O contrato, segundo comunicado da empresa, estará em vigor durante um período de 12 meses, com cláusula de prorrogação, e implica um valor aproximado de dois milhões de euros.

Com a celebração deste contrato, a Toscca prevê um fornecimento de cerca de 18 mil postes para a rede da Telefónica, durante o período de um ano. As entregas são parciais e começaram este mês, um ano após terem sidomadeir dizimados pelo fogo, e decorrerão até final de 2019.

Para Pedro Pinhão, sócio-fundador da Toscca, “poder trabalhar de perto com esta tecnológica é um desafio que abraçamos com muito compromisso e dedicação”.

Fundada em março de 1994, pela mão de dois sócios, Pedro Pinhão (75%) e João Martins (25%), a TOSCCA conta com 20 anos de atividade industrial e é hoje líder no fabrico de cabanas, abrigos de jardim e casas de madeira, e equipamentos outdoor em madeira. Tem sede no distrito de Viseu, Travassos, Oliveira de Frades.

Foi uma das empresas nacionais dizimadas pelos fogos de outubro de 2017, na região de Oliveira de Frades. Na altura Pedro Pinhão, seu sócio-fundador, comprometeu-se a que, um ano depois, a empresa estaria de novo no ativo e em plena laboração. Pedro Pinhão decidiu não só reconstruir a fábrica na sua íntegra, como também aumentá-la em termos de espaço, de forma a sustentar a expansão de maquinarias, recursos humanos e produção.

A Toscca teve prejuízos de 10,2 milhões de euros com o incêndio, mas com o recurso a indemnizações e ao apoio de seis milhões do REPOR – Sistema de Apoio à Reposição da Competitividade e Capacidades Produtivas, conseguiu renascer com tecnologia de ponta, mais espaço e novas oportunidades de emprego.

A nova fábrica conta com quatro grandes pavilhões – um dos quais já concluído e em funcionamento, que representa sete mil metros quadrados, e três em desenvolvimento, respetivamente de 8.200, 1.600 e 160 metros quadrados.

A Toscca exporta cerca de 20% da sua produção, para os mercados de Itália, França, Espanha, Marrocos e Argélia.

Ler mais
Relacionadas

TOSCCA renasce das cinzas com aumento de capacidade instalada

A empresa desapareceu nos incêndios de outubro de 2017. Um ano e 11 milhões de euros depois, prepara a inauguração de uma nova e melhorada fábrica.
Recomendadas

Circulação do Jornal Económico dispara 70% até abril

A circulação total do Jornal Económico atingiu o valor mais elevado de sempre no segundo bimestre de 2019, com uma subida de 70% para uma média de 9.556 exemplares por edição, nos suportes em papel e digital, segundo os dados hoje divulgados pela Associação Portuguesa de Controlo de Tiragem e Circulação (APCT). Obrigado pela sua preferência!

Igreja quer transformar antigos seminários em residências universitárias

Segundo o secretário de Estado do Ensino Superior, o objetivo é dar resposta “imediata e robusta, logo no início do próximo ano letivo”, revelando a impossibilidade de ter 12 mil camas novas já em setembro.

Capital Airlines retoma voo direto entre China e Portugal 

A Capital Airlines vai retomar, no final de agosto, o voo entre Pequim e Lisboa, com uma paragem técnica em Xi’an, no noroeste da China, confirmou esta quinta-feira a companhia aérea chinesa à agência Lusa. Segundo fonte da empresa, a Administração da Aviação Civil da China já autorizou o voo, que arranca a 30 de […]
Comentários