Trabalhadores da RTP manifestam insatisfação ao Governo e questionam contratações

A carta, subscrita por cinco sindicatos e pela Comissão de Trabalhadores da RTP, salienta que o “Serviço Público de Rádio e Televisão está a ser prestado num ambiente de crescente insatisfação e injustiça entre os trabalhadores, precários e do quadro”.

Os representantes dos trabalhadores da RTP enviaram hoje uma carta aberta ao Governo a manifestar insatisfação pela situação que se vive na empresa e a questionar as recentes contratações externas para a Direção de Informação.

A carta, subscrita por cinco sindicatos e pela Comissão de Trabalhadores da RTP, salienta que o “Serviço Público de Rádio e Televisão está a ser prestado num ambiente de crescente insatisfação e injustiça entre os trabalhadores, precários e do quadro”.

Em causa estão as novas contratações para a Direção de Informação da televisão pública, numa altura em que os trabalhadores aguardam a progressão nas carreiras e os precários aguardam o reconhecimento do seu vínculo à empresa.

Por isso, os sindicatos e a Comissão de Trabalhadores (CT) da RTP decidiram enviar a carta aberta ao Governo a perguntar se este tinha autorizado o Conselho de Administração do Serviço Público de Televisão a fazer contratações externas.

Na carta, a que a Lusa teve acesso, perguntam também se o Governo tenciona proceder à resolução das situações “de descongelamento ou progressão nas carreiras e de integração de trabalhadores com vínculo precário” e quando tenciona fazê-lo.

Na missiva o Governo é ainda questionado sobre o que pretende fazer “face à depauperização dos recursos humanos e técnicos que asseguram o Serviço Público de Rádio e Televisão”.

Entretanto, a CT obteve resposta a um pedido de reunião com a ministra da Cultura, que tutela a RTP. O encontro foi agendado para segunda-feira.

Ler mais
Recomendadas

Aeronáutica, Espaço e Defesa valem entre 1,6 e 1,8 mil milhões

Estudo da consultora EY conclui que TAP, OGMA e Embraer valem cerca de 30% deste ‘cluster’, que já emprega em Portugal cerca de 14.700 pessoas.

Crédito Agrícola elege hoje novos órgãos sociais

A lista encabeçada por Licínio Pina é a única concorrente. O atual presidente está à frente dos destinos da Caixa Central de Crédito Agrícola desde 2013.

NASA e Agência Espacial Europeia em Ponte de Sor

O ‘cluster’ aeronáutico e aeroespacial agrupado no Portugal Air Summit 2019 vai ter o contributo das duas principais agências espaciais.
Comentários