PremiumTrump provoca “banho de sangue” no mercado petrolífero

A guerra comercial entre os EUA e a China continua a aquecer, provocando o arrefecimento dos preços do petróleo. As cotações podem afundar 50% se Pequim acelerar compra de petróleo ao Irão.

Foi um verdadeiro “banho de sangue no mercado de petróleo”. A conclusão é dos analistas do Commerzbank sobre a reação dos mercados de ouro negro ao agudizar da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

A cotação do petróleo caiu abaixo do patamar dos 60 dólares por barril esta semana, o que já não acontecia desde o final de janeiro. O preço do barril de Brent caiu mais de 33% desde 3 de outubro de 2018 (quando atingiu os 86,29 dólares) até os 57,34 dólares por barril, atingidos ao final da tarde de quinta-feira.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.

PremiumSobre o eterno amor entre os argentinos e o peronismo

A aventura ‘modernista’ de Mauricio Macri parece ter os dias contados. Mas a vizinhança liberal está a fazer tudo para reverter as primárias.

PremiumNovo hospital custará menos 80 milhões do que o previsto em 2017

Pensado para iniciar atividade em 2012, o novo hospital de Lisboa Oriental foi vendo esse prazo ser dilatado, sendo agora certo que abrirá portas em 2023… ou 2024.
Comentários