“Tudo ao mesmo tempo é uma alquimia”, sublinha Passos Coelho sobre consolidação orçamental

Líder do PSD, Pedro Passos Coelho, reagiu hoje ao estudo apresentado por um grupo de economistas lamentando que tenha “demorado tanto tempo a concluir que fazer tudo ao mesmo ao tempo é uma alquimia”.

Pedro Passos Coelho reagiu ao estudo onde se questiona a estratégia de consolidação orçamental, indicando que é “pena que tenham demorado tanto tempo a chegar à conclusão que fazer tudo ao mesmo tempo é uma alquimia”.

Quatro economistas portugueses realizaram um estudo onde se questionam sobre se a estratégia de consolidação orçamental para os próximos anos, criada pelo Governo de António Costa, não será demasiado restritiva, revela o jornal Público esta quinta-feira.

O deputado socialista e docente Paulo Trigo Pereira, o professor na Universidade da Madeira Ricardo Cabral e os investigadores no Instituto de Políticas Públicas Luís Teles Morais e Joana Andrade Vicente elaboraram um estudo alternativo ao Programa de Estabilidade do Governo, tendo em conta que temem que o plano ponha em causa o bom desempenho económico.

O trabalho dos académicos defende uma evolução mais positiva da receita, com a redução do ritmo de redução do défice, despesas com pessoal a crescer acima da inflação, aposta num alívio fiscal moderado e uma dívida pública ligeiramente abaixo do programado pelo Governo para 2021.

“Mário Centeno mudou a política orçamental a vários níveis. Devolução dos salários e da sobretaxa em dois anos, não fez privatizações para reduzir a dívida, o que era um absurdo. Há comentadores que acham que este Governo está a seguir o que o anterior fez, mas sem a contestação do Bloco de Esquerda (BE) e do Partido Comunista (PCP). Não é verdade, a contestação do BE e do PCP existe, sentimo-la bem”, afirmou ao matutino Paulo Trigo Pereira.

Relacionadas

Quatro economistas pressionam Centeno com nova estratégia orçamental

O deputado socialista Paulo Trigo Pereira, Ricardo Cabral, Luís Teles Morais e Joana Andrade Vicente elaboraram um estudo alternativo ao Programa de Estabilidade do Governo, tendo em conta que temem que o plano ponha em causa o bom desempenho económico.
Recomendadas

“Os problemas do ambiente marinho vão além da sobrepesca ou poluição”, diz ministro do Mar

Celebra-se este sábado o Dia Nacional do Mar. Ricardo Serrão Santos esteve com representantes nacionais das instituições ligadas à pesca, em Sesimbra, onde alertou que “os oceanos de hoje foram levados ao limite pela praga do nosso tempo, o aquecimento global”.

Bloco de Esquerda defende englobamento no IRS para criar mais justiça fiscal

A coordenadora do BE, Catarina Martins, defendeu este sábado o englobamento de rendimentos no IRS como forma de aliviar a carga fiscal para quem trabalha e criar mais justiça fiscal, cobrando a quem ganha rendimentos de capital.

Saudi Aramco começa este domingo o período de subscrição de ações

A maior oferta pública de venda (OPV) de ações da história começa amanhã e estará aberta até ao dia 28 de novembro para investidores privados que somente serão sauditas por decisão da empresa e até 4 de dezembro para investidores institucionais.
Comentários