União Europeia e Ucrânia assinam acordo de um milhão de euros

Recursos do novo programa de assistência serão repartidos em duas tranches de até € 500 milhões, dependentes da implementação das medidas políticas específicas acordadas entre a Ucrânia e a UE no Memorando de Entendimento

Ucrânia

A Comissão Europeia (CE) assinou esta sexta-feira, em Kiev, um acordo para assistência macrofinanceira (MFA) à Ucrânia no valor de um mil milhões de euros, anunciou a instituição em comunicado.

O acordo tem o objectivo de suportar as reformas implementadas no país para apoiar a estabilização económica, nomeadamente através de reformas estruturais e de governação.

“A Europa apoia de forma firme a Ucrânia na recuperação e reforma económica. O novo programa de assistência macrofinanceira da UE ajudará a Ucrânia a reduzir as vulnerabilidades económicas e a reforçar a estabilidade. Ao mesmo tempo, através da implementação de reformas ambiciosas relacionadas com a nova operação de MFA, especialmente na área da luta contra a corrupção, a Ucrânia atenderá às expectativas dos cidadãos e enviará um forte sinal aos parceiros e investidores internacionais”, disse o vice-presidente da Comissão responsável pelo euro e pelo Diálogo Social.

A nova assistência macrofinanceira proposta complementa três programas de AMF anteriores, através dos quais a UE desembolsou um total de 2,8 mil milhões de euros para a Ucrânia desde o início da crise em 2014 e um programa do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Os recursos do novo programa de assistência serão repartidos em duas tranches de até € 500 milhões. Cada tranche de financiamento está dependente da implementação das medidas políticas específicas acordadas entre a Ucrânia e a UE no Memorando de Entendimento, que inclui a luta contra a corrupção, a gestão das finanças públicas e a governação das empresas e dos bancos.

Recomendadas

União Europeia coopera com Albânia no controlo das fronteiras

A iniciativa inscreve-se num novo capítulo do controlo das entradas ilegais no espaço comum por parte da União Europeia. Acordos semelhantes foram assinados com outros países balcânicos.

“Manter os telefones atualizados é do interesse de todos”. Google mantém para já atualizações nos Huawei

“Esta licença temporária permite-nos continuar a providenciar atualizações de software e correções de segurança para modelos existentes nos próximos 90 dias”, assegura a Google em comunicado.

Multimilionário gasta 36 milhões para pagar dívidas de 430 alunos universitários

Robert F. Smith anunciou na cerimónia de final de ano que iria assumir os empréstimos dos 430 alunos que acabam de se licenciar numa universidade norte-americana.
Comentários