V Recenseamento Empresarial arranca em Setembro e custa dez mil contos

O Governo vai gastar cerca de dez mil contos no recenseamento empresarial, que decorre de 03 a 30 de Setembro em todo o país, segundo uma fonte do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em declarações à imprensa à margem de uma formação dos inquiridores que se iniciou hoje na Cidade da Praia, o vice-presidente do INE, Celso Soares, explicou que este recenseamento vai permitir recolher todas informações atinentes ao tecido empresarial que actua em Cabo Verde, além de proporcionar uma “informação exaustiva” sobre a demografia das empresas e actividades económicas do país.

Segundo o vice-presidente do INE, vão ser transmitidas aos formandos informações que devem ser recolhidas, com vista a ter “todos os dados fundamentais” para a actividade que se está a desenvolver, que consiste na “renovação do ano básico das contas nacionais”.

“Essas informações são cruciais para o sucesso desta operação” indicou Celso Soares, acrescentando que, pela primeira vez, este recenseamento contempla organizações não-governamentais (ONG).

Explicou, por outro lado, que as ONG entram neste recenseamento porque estas também se dedicam às actividades económicas.

Durante o recenseamento, os inquiridores vão procurar saber desde quando uma determinada empresa foi criada, em que área está a exercer actividades económicas, sobre o número de pessoal com o qual labora, enfim, vai se recolher informações gerais sobre a empresa.

Além da Praia, existem mais três pólos de formação: São Vicente, Sal e Fogo.

Ler mais
Recomendadas

OE2019 de Cabo Verde estimado em 644 milhões de euros

As grandes linhas do documento foram aprovadas na reunião do Conselho e Ministros desta quarta-feira.

Grupo Sousa melhora cobertura de Cabo Verde

A transportadora portuguesa Portusline Containers International aumenta a cobertura das ilhas de Cabo Verde com o lançamento, esta semana, de um serviço quinzenal, da marca ‘Alver Line’, ligando Algeciras e Tânger ao Porto Praia e Mindelo.

Portuguesa Transinsular vence concurso em Cabo Verde para transporte marítimo inter-ilhas

A empresa portuguesa Transinsular é a vencedora do concurso público internacional para a gestão e exploração do serviço de Transporte Marítimo Inter-Ilhas, informa o Governo, garantindo que se encontram reunidas todas as condições para a conclusão do processo. Em nota enviada à Inforpress, o executivo cabo-verdiano sublinha que a Transinsular foi a única candidata admitida […]
Comentários