Amante de viagens? Vai ser possível comprar bilhetes de avião pela Amazon

A gigante do e-commerce vai começar a vender voos domésticos. Segundo os relatórios, a empresa de Jeff Bezzos já assinou parcerias com algumas companhias aéreas incluindo Vistara UK, GoAir, SpiceJet e IndiGo.

A Amazon decidiu entrar no mercado competitivo para a venda de passagens aéreas, embora para já seja apenas para voos domésticos na Índia.

A ter início esta semana, a maior loja online do mundo vai oferecer a possibilidade de comprar voos entre cidades na Índia, algo que administrará através do Cleartrip, uma plataforma agregadora de viagens online para reservar voos e bilhetes naquele país e no Médio Oriente.

Até agora, nem a Amazon nem a Cleartrip fizeram um comentário oficial, nem promoveram nenhuma campanha promocional, nem mesmo nos seus próprios sites, contudo espera-se que a novidade seja oficializada em breve por ambas as entidades.

De qualquer das maneiras, a iniciativa – que foi inicialmente divulgada pela plataforma de informação turística Skift – espalhou-se rapidamente pela Internet, uma vez que representa uma aposta num mercado muito competitivo onde a Amazon pretende conquistar um lugar ao oferecer reembolsos de até 2 mil rúpias (25 euros) por cada bilhete comprado pelo os seus clientes premium.

Ler mais
Recomendadas

Euribor renovam mínimos de sempre a seis e 12 meses

As taxas Euribor desceram esta quinta-feira em todos os prazos, a seis e 12 meses para novos mínimos de sempre.

Confiança dos consumidores volta a aumentar em junho

O saldo das expectativas relativas à evolução da situação económica do país aumentou em junho, após ter diminuído ligeiramente no mês precedente, revela esta quinta-feira o INE.

Pouco dinheiro para férias? Estas cidades são as mais baratas

Em Tunes, na Tunísia, ou Manágua, no Nicarágua, o custo de vida é dos mais baixos do mundo.
Comentários