Vão-se os árbitros de baliza, chega o VAR. Hoje é dia de estreias na Liga dos Campeões

Pela primeira vez a tecnologia será utilizada nas provas da UEFA. Ao contrário do que acontece nos campeonatos nacionais, as decisões serão comunicadas ao público através do ecrãs do estádio, ou pelo sistema sonoro.

A Liga dos Campeões está de regresso com o início dos oitavos-de-final da competição esta terça-feira à noite. No entanto, a maior novidade vai para a estreia do vídeoárbitro (VAR na sigla inglesa) nas provas europeias de clubes, após uma decisão tomada pelo Comité Executivo da UEFA em dezembro de 2018.

A tecnologia que já foi introduzida em algumas das principais ligas nacionais, mas também em provas internacionais como o último campeonato do mundo, ou o mundial de clubes. As regras continuam a ser as mesmas.

Uma equipa formada por dois árbitros assistentes de vídeo (AVAR) e dois operadores de imagem, vão estar no interior do estádio a dar apoio no processo de decisão do árbitro do encontro. Esta equipa irá visualizar constantemente erros claros e óbvios relacionados com as quatro seguintes situações:

Golos; lances dentro da grande área passíveis de grande penalidade; falta puníveis com cartão vermelho e troca de identidade de um jogador.

O VAR só irá intervir em erros claros e óbvios, com o juiz da partida a poder parar a mesma enquanto aguarda pela decisão. Se a análise do VAR mostrar evidências claras de um erro grave em alguma das situações referidas acima e que podem mudar o rumo do jogo, o VAR pode pedir ao árbitro para aceder às imagens no relvado. A decisão final só pode ser feita pelo árbitro.

Para decisões ‘factuais’, como por exemplo foras-de-jogo, faltas dentro ou fora da grande área, o VAR pode simplesmente informar o árbitro desses factos e o acesso às imagens no campo não será necessária, mas é sempre o árbitro que tem a decisão.

O processo de visualização das imagens em campo será comunicada através dos ecrãs do estádio, ou do sistema sonoro. Com a introdução do VAR nas provas da UEFA, deixará de ser necessária a utilização dos chamados árbitros de baliza.

Relacionadas

Eleven Sports: Liga dos campeões chega finalmente aos clientes da Meo, Nos e Vodafone

Fonte oficial da Eleven Sports confirmou ao Jornal Económico o acordo com as três operadoras. A Eleven Sports está a partir de hoje disponível para subscrição dos clientes da Meo, Nos e Vodafone, por 9,99 euros. A grande novidade deste acordo é a criação de um pacote empresarial que terá um custo de 19,98 euros.

Liga dos Campeões: ‘Dragões’ em Roma com 80 milhões de euros na mira

Campeões nacionais já arrecadaram 66,4 milhões de euros por terem chegado aos oitavos-de-final. Eliminação da AS Roma irá permitir encaixe de mais 10,5 milhões de euros.
Recomendadas

David Goffin recebe último ‘wild card’ para participar no Millennium Estoril Open

Antigo número 7 do mundo, o belga Goffin ocupa atualmente a 22º posição no ranking da ATP.

Conselho Fiscal do Sporting abre inquérito face às conclusões da auditoria

O Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting abriu esta quarta-feira um procedimento de inquérito prévio face à gravidade dos factos constantes nos dois relatórios da auditoria de gestão relativos ao período de junho de 2013 a junho de 2018.

‘Show’ de Senna no Estoril foi há 34 anos

O icónico capacete amarelo esteve sempre na liderança durante as 67 voltas do grande prémio do Estoril, , estreando-se no lugar mais alto do pódio. Foi a primeira de muitas, o resto é história – 41 vitórias, 65 pole positions e 3 campeonatos do mundo.
Comentários