Wall Street ‘treme’ após acusação de Donald Trump a Barack Obama

O presidente norte-americano escreveu esta tarde no Twitter que o antigo governante e o FBI tinham um informador infiltrado na sua campanha eleitoral. “A ser verdade isto é maior do que o Watergate!”, diz Donald Trump. O índice norte-americano Dow Jones desliza 0,40%.

Reuters
Ler mais

O presidente norte-americano escreveu esta quinta-feira à tarde, na rede social Twitter, que o seu antecessor, Barack Obama, e o FBI tinham um informador infiltrado na sua campanha eleitoral para as últimas presidenciais nos Estados Unidos da América. Pouco depois, a bolsa de Nova Iorque abriu com quedas.

O índice industrial Dow Jones, que serve de referência para as bolsas em todo mundo, deslizou 0,40%, para 24.670,74 pontos. Quanto ao indicador financeiro S&P 500, perdeu 0,28%, começando a sessão de hoje nos 2.714,88 pontos. O índice tecnológico Nasdaq abriu igualmente a negociar no ‘vermelho’ e desvalorizou 0,27% e começou o dia nos 7.378,13 pontos. Também o Russel 2000 desapreciou 0,04%, para 1.615,79 pontos.

Através de uma publicação feita há cerca de uma hora, o governante faz acusações de espionagem sem apresentar provas. “A ser verdade isto é maior do que o Watergate!”, diz.

“As bolsas continuam imparáveis na sua trajetória ascendente. O principal índice francês FRA40 atinge um novo máximo histórico e o índice norte-americano Russel 2000 que agrega as principais small caps, atingiu ontem novo máximo histórico. Do outro lado do Atlântico, a reforma da política fiscal e os bons dados macroeconómicos e empresariais levam as bolsas a valorizar”, destacam os analistas da XTB, na research de mercado publicada hoje.

De acordo com os mesmos responsáveis, os investidores “sentem confiança e não querem ficar de fora das mais-valias”. “Nesta euforia tendem a desvalorizar as informações menos boas que o mercado lança”, acrescentam.

O mercado norte-americano continua à espera que o impasse com Kim Jong-Un se resolve. A Coreia do Norte afirmou esta quarta-feira que não está interessada numa cimeira com os Estados Unidos da América, caso esta seja “unilateral” e se debruce só sobre o desarmamento nuclear da península coreana. O anúncio foi feito depois de o país ter cancelado uma reunião com a vizinha do Sul. A justificação para o cancelamento foram as manobras militares conjuntas de Seul e Washington.

Relacionadas

Wall Street fecha em alta, apesar de revés das negociações com a Coreia do Norte

A marcar esta sessão esteve o recuo da Coreia do Norte em negociar com os Estados Unidos, caso a cimeira entre os líder dos dois países se resuma à “exigência unilateral” do desarmamento nuclear.

Petróleo chegou aos 80 dólares pela primeira vez desde 2014

O petróleo do mar do Norte, de referência na Europa, alcançou os 80 dólares no ICE de Londres cerca das 09:58 (10:58 em Lisboa), mais 0,98% do que no encerramento da sessão anterior, se bem que posteriormente tenha moderado a subida e tenha caído para 79,73 dólares cerca das 10:45 (11:45 em Lisboa).

Euro recua para 1,1815 e atinge mínimos de dezembro

O euro recuou hoje face ao dólar, atingindo mínimos desde dezembro, influenciado pela crise política em Itália e pelas incertezas relativas à Coreia do Norte, segundo os analistas.

Coreia do Norte só avança para cimeira com EUA se não for “unilateral”

O encontro marcado entre as Coreias foi cancelado esta manhã pela Coreia do Norte, que justificou a decisão com as manobras militares conjuntas de Seul e Washington.

BCP e Pharol animam praça lisboeta

O PSI-20 soma 0,29%, para 5.711,97 pontos. “Pensamos que as notícias italianas irão continuar a dominar as atenções dos investidores, no entanto, o seu impacto deverá estar circunscrito a um âmbito puramente local, em, Itália”, antecipam os analistas do Bankinter. O italiano FTSE MIB recupera das perdas de ontem e aprecia 0,40%.

PSI 20 abre com subidas. Altri regressa ao ‘vermelho’

A bolsa portuguesa abriu a sessão com um ganho ligeiro de 0,08%, para 5.700,33 pontos. Após anunciar ao mercado, antes da abertura, que celebrou um novo contrato nos Estados Unidos da América, através da sua subsidiária EDP Renováveis (+0,29%, para 8.050 euros), a EDP- Energias de Portugal arrancou com uma valorização de 0,35%, para 3,4120 euros.
Recomendadas

IPO: Farfetch encaixa 750 milhões com preço das ações acima do esperado

Ações começam a ser negociadas esta sexta-feira na bolsa de Nova Iorque. Na oferta inicial, foram vendidos mais de 44 milhões de títulos a 20 dólares cada, enquanto o preço estimado pela empresa estava entre os 17 e os 19 dólares.

Gestão passiva prejudica o investimento em valor

Ao contrário dos momentos em que a ações sobem, estamos perante um contexto em que se pode estar fortemente investido na bolsa de Nova Iorque, de forma diversificada, e perder dinheiro.

BCP e EDP Renováveis levam PSI 20 a abrir no ‘verde’

O banco negoceia em máximos de um mês, enquanto a eólica está a reagir em alta ao anúncio de um novo projeto no Brasil que levará a atividade da empresa para o triplo do atual dentro de cinco anos.
Comentários