Zoom Lux reduziu posição na The Navigator

A sociedade luxemburguesa deixou de ter uma participação qualificada na produtora de pasta e papel.

A Zoom Luz reduziu a sua posição acionista na The Navigator, de acordo com comunicado enviado há minutos para a CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

A produtora de pasta e papel informou o mercado que “(…) em 19 de novembro de 2018 a Zoom Lux S.À.R.L. (…) comunicou à Navigator que alienou, no passado dia 16 de novembro, 320.000 ações representativas do capital social da Navigator, reduzindo a sua participação na sociedade de 14.639.555 ações (2,0404%) para 14.319.555 ações (1,9958%) (…)”.

Nesse mesmo comunicado, a empresa liderada por Diogo da Silveira adianta que, “(…) na sequência da mencionada alienação, a participação da Zoom (…), corresponde a 1,9958% do capital social e 1,9971%% dos direitos de voto na Navigator, deixando de representar uma participação qualificada”.

Recomendadas

Google suspende negócios com a Huawei após lista negra de Trump

A Huawei vai perder imediatamente acesso a atualizações do sistema operativo Android, e a próxima versão dos seus smartphones fora da China vai também perder acesso a aplicações e servios, incluindo o Google Play Store e o Gmail app.

Empresas do vinho do Porto satisfeitas com devolução de diploma sobre Casa do Douro

Criada em 1932 para defender os viticultores e a viticultura duriense na mais antiga região regulamentada e demarcada do mundo, a Casa do Douro foi perdendo atribuições até que a sua dimensão pública foi extinta em dezembro de 2014, no Governo PSD/CDS-PP, e a sua gestão entregue a uma organização privada, a Federação Renovação do Douro.

Cellnex e DST/Cube avançam para compra da fibra óptica da MEO

Há três candidatos que se preparam para avançar com propostas vinculativas para comprar a rede de fibra ótica da Meo. Entre eles a espanhola Cellnex e a DST em parceria com o Fundo Cube.
Comentários