Coronavírus. Grão de café é a “vítima menos óbvia”, aponta o Financial Times

Uma das maiores redes de café do mundo, o Starbucks, foi obrigado a encerrar metade das lojas que possui na China devido ao aumento do surto, sendo que também a Luckin Coffee também encerrou as lojas no epicentro da epidemia, em Wuhan. Estes encerramentos ao público estão a “reforçar a tendência de reduzir o preço global do café”, assumiu um analista ao Financial Times.

O surto, que teve a China como epicentro, já começou a perturbar os mercados globais, e o “Financial Times” aponta o grão de café como a “vítima menos óbvia” do coronavírus. De acordo com o título económico, a justificação prende-se com o facto do índice de referência para o café ter caído mais de um quinto (cerca de 20%), desde que 2020 começou, para um dólar. Esta quebra foi mais sentida do que a do marcador do Brent, que caiu 17% e a do cobre, cuja queda foi de 9% na London Metal Exchange.

A China tem sido um protagonista importante na indústria global do café, sendo que na última década as importações mais do que triplicaram de valor. A este aumento, junta-se o potencial do país para um crescimento de previsão superior, algo que perturbou os investidores da área, ainda que o território chinês apenas represente 2% do consumo global.

Uma das maiores redes de café do mundo, o Starbucks, foi obrigado a encerrar metade das lojas que possui na China devido ao aumento do surto, sendo que também a Luckin Coffee também encerrou as lojas no epicentro da epidemia, em Wuhan. Estes encerramentos ao público estão a “reforçar a tendência de reduzir o preço global do café”, assumiu um analista ao Financial Times.

As ações das duas empresas encontram-se atualmente em queda, sendo que o Starbucks já observou quebras na ordem dos 6% desde que o vírus se começou a espalhar pelo mundo, em janeiro. Assim, também o Luckin Coffee já caiu cerca de 30%.

Agora, o valor das ações das empresas de café e do mercado vão depender de dois fatores principais: por quanto tempo o coronavírus se prolonga e até que ponto a procura por matéria-prima por parte dos outros países enfraquece.

Recomendadas

Rei emérito Juan Carlos exilado em Cascais, avança a TVI

A TVI avança que Juan Carlos já está em Cascais, onde viveu a sua infância. Juan Carlos escreveu ao filho dizendo que pretende facilitar o exercício das funções de Filipe VI, pelo que deixará de viver no Palácio da Zarzuela e sai de Espanha, perante “a repercussão pública” de “certos eventos do passado”.

Segurança rodoviária. Pós-pandemia regista menos acidentes mas mais mortos

Segundo os dados do relatório da sinistralidade rodoviária referente ao primeiro semestre de 2020, todos os indicadores de sinistralidade registaram uma redução face ao período homólogo de 2019.

Incêndios. Enviados avisos SMS a mais de 1,5 milhões de pessoas de Faro e Santarém

O sistema de aviso preventivo por telemóvel foi acionado de manhã, com as mensagens a chegarem em português e em inglês a 1.560.267 pessoas que se encontravam em Faro e Santarém.
Comentários