Et Cetera
Braga de Macedo, Nuno Cassola

Jorge Braga de Macedo e Nuno Cassola: “Alimentou-se a ilusão que o sistema bancário era sólido”

“Por onde vai a banca em Portugal?” é o novo livro de Jorge Braga de Macedo, Nuno Cassola e Samuel da Rocha Lopes, editado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos . Os dois primeiros falaram ao Jornal Económico, em entrevista, sobre o passado, a gestão, a supervisão e o futuro do setor.

PremiumJane Fraser: Mulher escocesa atingiu o topo do mundo financeiro de Wall Street

A CEO do Citigroup é a primeira mulher a chegar ao topo de um banco cotado na bolsa mais importante do planeta, após uma fulgurante carreira em instituições de referência. O que também é uma referência, e não das melhores, é que a sua nomeação ainda seja notícia.

PremiumBraga de Macedo e Nuno Cassola: “Alimentou-se a ilusão de que o sistema bancário era sólido”

“Por onde vai a Banca em Portugal?” é o novo livro de Jorge Braga de Macedo, Nuno Cassola e Samuel da Rocha Lopes. Os dois primeiros falaram ao Jornal Económico sobre o passado, a gestão, a supervisão e o futuro do setor.

PremiumCovid-19 é o adversário comum aos 18 clubes da Liga NOS

No início de uma época em que vários craques estão de volta a Portugal e clubes do meio da tabela reforçaram-se em quantidade e qualidade, haverá uma 19.ª equipa que todos vão querer derrotar todas as jornadas.

PremiumPaulo de Morais: “Votaria em Ana Gomes para Presidente”

Não será recandidato e dificilmente votaria na reeleição de Marcelo Rebelo de Sousa. Em entrevista ao Jornal Económico, o professor universitário e autor de “O Pequeno Livro Negro da Corrupção”, diz que respeita “institucionalmente” o atual Presidente, mas acha que “abandalhou tanto a função que até desvalorizou as candidaturas presidenciais”. Ana Gomes e a sua luta contra a corrupção agradam a Paulo de Morais.

PremiumPaulo de Morais: “Se as escolas fossem como a Justiça estavam no ano letivo de 1999”

No “Pequeno Livro Negro da Corrupção”, Paulo de Morais traça o retrato dos principais esquemas, da Expo 98 ao BES e Novo Banco, passando pelo Euro 2004 e BPN. Tem dúvidas quanto ao plano do Governo para travar a corrupção e contesta a permissibilidade da Justiça e reguladores.
Ver mais artigos