Ensaios

Sonho americano

O continente americano sempre foi global, resta agora saber como permanecerá globalizado. E para isso terá de responder às suas cisões internas e dicotomias, e talvez essa seja a tarefa mais difícil.

O bolsonarismo

O programa político de Bolsonaro é desativar os poderes públicos, seja os do estado de direito seja o quarto poder. Submeter todos os poderes públicos ao poder presidencial, para deles prescindir a favor de poderes não públicos, inescrutináveis.

Pescas e políticas do mar, problemas com história

Apesar do aparente favor da geografia e embora se admita que o peso da economia do mar possa crescer no conjunto da economia portuguesa, não há razões para prever um crescimento relativo da pesca na economia.

A esquerda contra a esquerda

Será verdade que ativistas que lutam pelo reconhecimento da dignidade de minorias não estão igualmente mobilizados pelo que afeta tanto maiorias como minorias? Não serão conciliáveis, na geometria política, as esquerdas de ativismo e as de militância partidária?

Um delicado equilíbrio transalpino

Se a resposta italiana for demasiado assente numa retórica política mais agressiva contra as instituições europeias, então as consequências para o euro e o impacto nos mercados poderão ser mais duros.

Derrotar a jiade para lá dos números

A principal inovação ocorreu no domínio das políticas públicas, com os Estados-Membros a adotarem estratégias que se situam em extremos opostos de um mesmo espectro: de um lado, medidas de natureza repressiva e punitiva; do outro, estratégias de reabilitação e reintegração social.
Ver mais artigos