Ensaios
As máquinas e o seu futuro connosco
Temos de compreender que uma Web global com personalidade e arrufos não é um dado que nos transcende, mas que precisa do nosso cuidado coletivo, ético e político. O melhor é ir entrando devagarinho neste novo mundo em vez de lhe virar as costas com anátemas.
Turismo, nem herói nem vilão
Combater o turismo pelas eventuais consequências que tenha no mercado imobiliário é como querer resolver uma infestação doméstica de formigas com um míssil sobre a casa. É tudo uma questão de custos e benefícios e da proporção entre eles.
Turismo, o novo gatilho de crescimento?
Num momento de grandes incertezas relativamente ao futuro do mercado de emprego, o setor do turismo pode vir a representar um gatilho de equilíbrio para os países do sul, e uma importante fonte de receitas estrangeiras, num momento de tensões internacionais no tradicional comércio internacional.
Idade e preconceito
Quando ainda há tantos países que negam aos mais velhos o direito ao trabalho, que soluções podem minimizar o impacto do idadismo, um dos preconceitos mais castradores da nossa sociedade?
Quem tem medo da China?
A China tem conseguido desenvolver uma diplomacia adaptativa que não desafia o sistema internacional, nem perde energias em partes do mundo que não lhe interessam. Concentra-se naquilo que acredita ser essencial para o seu desenvolvimento.
Moralismo ou imoralismo?
O pior de todos os préstimos para os quais se usou o caso Robles foi para abrir de par em par as portas ao imoralismo, defendendo que, além do seu desempenho estritamente político, tudo o que os políticos façam ou deixem de fazer é politicamente irrelevante.
Ver mais artigos