Ensaios

Retalhos da vida europeia

Não deixemos que a memória seja maltratada ou morra. Relembremos o que era a Europa e como é agora e decerto não teremos dúvidas em renegociar o nosso caminho conjunto.

Liberdade, igualdade, fraternidade… que futuro?

Estarmos sempre em rede é na verdade o que se espera de nós como a conectividade de computadores. E darmos periodicamente sinal de existência na rede é na verdade cumprirmos a nossa função num tecido conectivo vivo.

Reduzir o desperdício alimentar para um futuro mais sustentável

Um relatório que analisa o desperdício de alimentos sob uma perspetiva ambiental, refere que se o desperdício alimentar fosse um país, seria o terceiro maior emissor de gases com efeito de estufa, depois dos Estados Unidos e da China.

Não é humanizar, é não desanimalizar

A questão não está em constatar que temos tido uma cultura de violência para com os animais, mas que, historicamente, nunca tivemos uma relação tão massiva e industrialmente violenta com animais, em virtude da exclusão civilizada dessa ficção que é a forma “humanidade”.

A flexibilidade ‘premium’ de Portugal

Quer-se uma agenda de Lisboa, em 2020, baseada em fatores de produção, mas sobretudo em processos. Processos que os concorrentes reconhecem como superiores, mas não conseguem imitar.

A sociedade civil e a democracia portuguesa

Embora na maior parte dos casos as revoluções não conduzam a regimes democráticos, estas favorecem sempre mecanismos que estimulam a participação cívica das massas.
Ver mais artigos