Carlos Ribas: “Não fosse esta situação dos componentes e este ano seria o melhor de sempre em vendas da Bosch em Braga”

Bosch fechou 2020 com uma quebra homóloga de 10%, para 1,6 mil milhões de euros, nas vendas em Portugal. Em entrevista exclusiva ao Jornal Económico o representante do grupo alemão em Portugal, Carlos Ribas, justifica o decréscimo com o impacto da pandemia nas operações, sobretudo na divisão automóvel em Braga. Explica o ‘lay-off’ aplicado em Braga e fala sobre as perspetivas de futuro da Bosch.

Recomendadas

Fusões e aquisições de empresas em Portugal movimentaram mais de 3 mil milhões até maio

Apesar de em 60% das transações os valores não terem sido revelados, os números representam uma diminuição de 10% no total de transações e uma queda de 53% no capital mobilizado.

PremiumEuro2020 pode ser pontapé para relançar mercado publicitário das marcas

Cobertura mediática será maior do que em 2016, mas é pouco provável que se traduza em recordes de audiências, dizem especialistas. Ainda assim, as marcas deverão aproveitar a oportunidade.

Já pode investir na criptomoeda Dogecoin com a aplicação da Revolut

A fintech britânica tem 30 criptomoedas disponíveis para investimento. Curiosamente, a cara que está nesta moeda virtual – ou seja, o focinho de cão – foi esta sexta-feira vendida como NFT por 4 milhões de dólares.
Comentários