A bem da saúde e do ambiente. Seguradora passa a pagar aos colaboradores para irem de bicicleta para o trabalho

Esta iniciativa, pioneira em Portugal, e que é lançada no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade, segue o exemplo dos vizinhos espanhóis da Liberty Seguros. Empresa vai pagar 37 cêntimos de euro por quilómetro a quem for a pedalar para o trabalho.

A Liberty Seguros acaba de anunciar que vai começar a pagar por cada quilómetro que os seus colaboradores percorrerem de bicicleta, de casa até ao trabalho, incentivando assim a mobilidade sustentável e a utilização da bicicleta enquanto transporte alternativo ao automóvel ou aos transportes públicos.

Aos colaboradores que aderirem à iniciativa, serão pagos 37 cêntimos de euro por cada quilómetro percorrido, sendo que os interessados terão ainda acesso a uma sessão teórica sobre segurança rodoviária, na qual serão convidados para uma sessão prática, onde um monitor especializado fará o acompanhamento da primeira viagem de bicicleta do colaborador para o local de trabalho, ensinando-o a pedalar em segurança. Durante o horário de trabalho, as bicicletas poderão ficar estacionadas em segurança, num parque próprio para o efeito.

Com a implementação desta prática, a Liberty Seguros estende aos seus colaboradores de Portugal um dos benefícios mais valorizados que já está a ser implementado nos escritórios de Espanha. Desde então, a iniciativa já soma mais de 116 mil quilómetros percorridos, o que já permitiu reduzir a emissão de CO2 em 31,6%.

Estender esta iniciativa a Portugal, explica Beatriz Ortega, responsável pela área de Employee Experience da Liberty Seguros, em comunicado, “é uma consequência do nosso compromisso com a saúde, bem-estar e experiência dos nossos colaboradores e surge também no âmbito da nossa área de Responsabilidade Social”. Agora, a empresa espera que a iniciativa motive e incentive os colaboradores a andar de bicicleta: “são só vantagens: é saudável, sustentável e também muito económico”, reforça a responsável.

Recomendadas
pardal henriques

SNMMP junta-se à Fectrans e Antram e assina acordo para contrato coletivo de trabalho dos motoristas

Só falta o Sindicato Independente de Motoristas de Mercadorias apreciar o acordo para o novo contrato coletivo de trabalho dos motoristas de pesados de mercadorias, mas tal só acontecerá no fim de semana, quando a estrutura sindical tiver realizado um plenário para discutir o acordo final.

Governo cria grupo de trabalho para preparar Web Summit até 2028

O ‘Grupo de Trabalho Web Summit Portugal 2019-2028’ vai entrar em vigor já este ano, com o objetivo de “assegurar a organização e a coordenação da Web Summit, em cada ano do período de 2019 a 2028”.

IKEA vai investir em novas lojas em Portugal: margem sul do Tejo, Cascais e Sintra

A multinacional sueca pretende abrir lojas de pequena dimensão em Sintra, Cascais e a sul de Lisboa, assim como centros de encomendas, de planeamento e de levantamento.
Comentários