Abertas candidaturas para 16 mestrados na Universidade da Madeira

A primeira fase de candidaturas decorre até 14 de fevereiro. Está ainda disponível um programa de redução de propinas em alguns dos mestrados.

A Universidade da Madeira tem a decorrer a fase de candidaturas, que se realizam exclusivamente em https://candidaturas.uma.pt, para mestrados até 14 de fevereiro. Entre as novidades está o curso em biologia aplicada. A instituição de ensino superior disponibiliza vagas em 16 mestrados.

Para além de Biologia Aplicada existem vagas nos mestrados em: Atividade Física e Desporto; Biologia Aplicada; Bioquímica Aplicada; Ciências da Educação – Inovação Pedagógica; Design de Media Interativos; Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico; Engenharia Civil; Engenharia Eletrotécnica – Telecomunicações; Engenharia Informática; Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário; Gestão Cultural; Linguística: Sociedades e Cultura; Literatura, Cultura e Diversidade; Matemática, Estatística e Aplicações; Nanoquímica e Nanomateriais; Psicologia da Educação.

Em alguns mestrados está ainda disponíveis um programa de redução de propinas em alguns mestrados, para os estudantes nacionais da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e da Venezuela, abrangidos pelo estatuto de estudante internacional da UMa, e aos estudantes com melhores médias de candidaturas aos cursos.

As vagas sobrantes da primeira fase de candidaturas transitam para as duas fases seguintes, que decorrem entre 18 de maio e 10 de julho e entre 24 de agosto a 18 de setembro.

Recomendadas

Antiga vice-presidente do Politécnico de Lisboa dirige Erasmus+ em Portugal

Ana Perdigão é especialista em Direito Europeu e, enquanto responsável do Politécnico, teve a seu cargo as áreas da internacionalização, académica e da qualidade e acreditação.

Notas dos exames secundário baixam na segunda fase. Economia A é exceção

Segundo os dados divulgados esta quarta-feira, pelo Ministério da Educação, em quatro disciplinas a média foi negativa, com destaque para Matemática B e Matemática Aplicada às Ciências Sociais, uma vez que em Português Língua Segunda e Latim, o número de alunos foi residual.

Catarina Martins quer ouvir ministro da Educação no Parlamento sobre cortes no ensino artístico

A coordenadora do Bloco de Esquerda visitou esta quarta-feira, 16 de setembro, a Sociedade Artística Musical dos Pousos, em Leiria, onde denunciou, os cortes de financiamento que estão a afetar muitas instituições de de ensino articulado e a lesar os alunos.
Comentários