Accenture Portugal no Top Employer 2018

A consultora figura pelo terceiro ano consecutivo na lista das empresas com melhores práticas de recursos humanos.

Fernanda Barata de Carvalho, diretora de Recursos Humanos  da Accenture Portugal, recebeu em nome da empresa o prémio do Top Employers Institute de 2018. A Accenture Portugal foi distinguida pelo terceiro ano consecutivo como uma das empresas com melhores práticas de recursos humanos em Portugal e na Europa.

Elaborado pelo Top Employers Institute, esta pesquisa anual identifica as organizações a nível mundial que oferecem as melhores condições de trabalho, promovem o talento em todos os níveis e procuram continuamente otimizar as suas práticas de gestão de recursos humanos.

“A nossa maior aposta são as pessoas, sendo um dos principais objetivos da empresa atrair e reter o melhor talento. Queremos consolidar a Accenture como uma das empresas mais atrativas no mercado para desenvolver uma carreira de sucesso, fazendo crescer continuamente os nossos colaboradores”, salienta José Gonçalves, presidente da Accenture Portugal.

 

Recomendadas

Da sala de aula para o e-learning num país desigual

Universidade e politécnicos estão em transição para o ensino a distância. O processo flui, mas a ritmos diferentes. Uns garantiram 100% das aulas online em três dias, outros procuram assegurar computadores para os alunos.

Covid-19: Lar de Vila Real precisa de recursos humanos para reabrir

O responsável pelo Lar Nossa Senhora das Dores, Vila Real, destacou hoje as dificuldades em recrutar recursos humanos, principalmente na área da enfermagem, para a reabertura da instituição que foi evacuada após a deteção de casos covid-19.

FCT e AICIB lançam portal “Science 4 Covid-19” com iniciativas e projetos de combate ao novo coronavírus

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e a Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica (AICIB) lançaram o portal “Science 4 Covid-19”, que reúne ideias, publicações, ações em curso e a identificação da capacidade instalada disponível.
Comentários