EDP fica com 75% da EDP Renováveis depois de aumento de capital

A EDP Renováveis já concluiu o seu aumento de capital de 1,525 mil milhões de euros, com ações vendidas a 17 euros. O grupo EDP reduz assim a sua participação de 82,6% para 75,1% na empresa de energias renováveis.

A EDP Renováveis já concluiu o seu aumento de capital de 1,525 mil milhões de euros. Foram colocadas 88,25 milhões de ações ao preço de 17 euros por ação, menos 9,3% face ao preço de fecho de 2 de março, anunciou hoje a empresa. Esta venda representa 10,1% do capital social da EDPR.

Com esta operação, o grupo EDP reduz a sua participação de 82,6% para 75,1% na empresa de energias renováveis.

Este aumento de capital tem o “objetivo de financiar parcialmente o plano de investimentos da EDPR de cerca de 19 mil milhões de euros para implementar cerca de 20 gigawatts de renováveis até 2025”, segundo o comunicado divulgado na CMVM esta quarta-feira, 3 de março.

“Espera-se que os investidores recebam a sua alocação de ações EDPR aproximadamente no dia 5 de março de 2021. Os investidores terão todos os direitos económicos e direitos de voto inerentes a essas ações a partir dessa data”, segundo o documento enviado à CMVM.

Na terça-feira à tarde, a EDP Renováveis anunciou um acelerated book building (ABB) em que emprestou 88,250 milhões de ações ao Citigroup Global Markets Europe e à Morgan Stanley Europe, com o objetivo dos dois bancos auscultarem o mercado – investidores institucionais como bancos ou fundos – para apurar o preço e o volume de ações com o objetivo de arrecadar 1,5 mil milhões de euros.

O aumento de capital já foi aprovado pelo conselho de administração da EDP Renováveis que vai ser apresentado e votado na assembleia geral de acionistas da EDP Renováveis de 12 de abril,  “através da emissão de 88.250.000 ações ao preço de subscrição de €17,00 por ação”.

“Sujeito à resolução favorável da Assembleia Geral de Acionistas da EDPR, os Bancos subscreverão integralmente o Aumento de Capital e devolverão tais 88.250.000 ações à EDP”, explica a elétrica.

“A EDP comprometeu-se irrevogavelmente a votar favoravelmente o Aumento de Capital. No evento de que o Aumento de Capital não seja executado, o acordo de empréstimo de ações entre a EDP e os Bancos seria liquidado através do encaixe do ABB”, segundo a EDP Renováveis.

Recomendadas

Parlamento debate financiamento da redução tarifárias nos transportes públicos. Veja em direto

Os deputados reúnem-se esta quinta-feira para debater vários projetos de lei, entre os quais os do PCP e PAN sobre o regime de financiamento permanente do programa de apoio à redução Tarifária nos transportes públicos. Veja em direto.

Goldman Sachs tem mil milhões para investir na logística em Espanha e Portugal

O investimento surge com o objetivo de fortalecer a marca Newdock, criada este ano. Banco norte-americano tem mil milhões de euros para investir no sector logístico na Península Ibérica.

Tesla aumenta lucros no terceiro trimestre para 1,40 mil milhões de euros

No terceiro trimestre de 2020, a Tesla tinha registado um lucro de 331 milhões de dólares (284,36 milhões de euros).
Comentários