ADSE: Conselho Geral e de Supervisão reúne-se com ministra da Saúde na 3.ª feira

Pedido de reunião à ministra Marta Temido foi feito no seguimento da última reunião do CGS em que foi aprovada uma resolução onde se apela ao “diálogo urgente” entre os prestadores de saúde e o conselho diretivo do instituto público.

O Conselho Geral e de Supervisão (CGS) da ADSE vai reunir-se com a ministra da Saúde na próxima terça-feira, segundo informou hoje este órgão que representa os beneficiários e onde têm também assento membros do Governo.

O pedido de reunião à ministra Marta Temido foi feito no seguimento da última reunião do CGS em que foi aprovada uma resolução onde se apela ao “diálogo urgente” entre os prestadores de saúde e o conselho diretivo do instituto público.

A reunião está marcada para terça-feira, dia 19 de fevereiro, e contará também com a presença do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos.

Nestes últimos dias tem vindo a público a intenção, sinalizada por alguns grupos de saúde privada, em suspender os acordos de convenção com a ADSE.

O subsistema de saúde dos funcionários públicos e dos reformados da Caixa Geral de Aposentações tem tutela conjunta dos Ministérios da Saúde e das Finanças.

Recomendadas

PCP identifica seis cadeias de dependência externa que implicam “colonização económica e política”

Turismo, grande distribuição e a aposta no lítio e no hidrogénio não foram esquecidos na análise (muito crítica) que os comunistas fazem à economia portuguesa nas Teses que servirão de base ao XXI Congresso, que decorrerá entre 27 e 29 de novembro.

Hamas e Fatah chegam a acordo para a realização de eleições daqui a seis meses

Depois de 15 anos sem atos eleitorais, na sequência dos confrontos que resultaram da tentativa de coligação em 2006, as duas principais fações palestinianas procuram dar sinais de união numa altura em que o restante mundo árabe parece aberto à normalização dos laços com Israel.

Presidenciais: Paulo Pedroso na “estrutura organizativa” da candidatura de Ana Gomes

O ex-ministro do Trabalho Paulo Pedroso vai integrar a “estrutura organizativa” da candidatura de Ana Gomes a Presidente da República, confirmou hoje a própria numa declaração à agência Lusa.
Comentários