PremiumAEP diz que apoios para as empresas contidos no OE são todos tiros ao lado

Fim do Pagamento por Conta? Ao lado. Novo apoio fiscal? Ao lado. PRR? É esperar para ver. Luís Miguel Ribeiro não poupa o novo OE.

Um novo Incentivo Fiscal à Recuperação (IFR, ver texto ao lado); o fim em definitivo do Pagamento Especial por Conta, os subsídios à conta do Plano de Recuperação e Resiliência; uma reforço do Banco de Fomento. O conjunto de medidas que o Governo incluiu na proposta do Orçamento do Estado para 2022 não convence a Associação Empresarial de Portugal que, pela voz do seu presidente, Luís Miguel Ribeiro, não poupa nas palavras para criticar as opções do executivo liderado por António Costa.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Intel faz parceria com a Google Cloud para desenvolver nova classe de chips

Os novos chips permitirão construir centros de dados cheios de poderosos computadores físicos e vendem fatias virtuais dessas máquinas para outras empresas que, por sua vez, obtêm melhor retorno do investimento do que construir as próprias máquinas.

EDP e Sonatrach terminam parceria celebrada em 2007

Na sequência desta decisão, a EDP passa a ter o controlo total da central de ciclo combinado de gás natural Soto 4, em Espanha, com 426 megawatts de capacidade instalada, através da compra da participação de 25% detida pela Sonatrach.

BCP reduz despedimento coletivo para 23 pessoas

O BCP vai assim fechar o ano com menos 811 trabalhadores, revelou o CEO do BCP, confirmando a notícia avançada em primeira mão pelo Jornal Económico.
Comentários