AEP leva missão empresarial à Austrália, o único país que não entrou em recessão durante a crise

Durante três dias, seis empresas portuguesas que integram a missão, de diversos setores de atividade, vão ter reuniões de negócios, já agendadas com empresas australianas e compradores locais, Austrália está em contínuo crescimento há 26 anos, e foi a única economia da OCDE que não entrou em recessão durante a crise financeira.

Sydney e Melbourne vão receber empresários portugueses. Tudo porque a AEP – Associação Empresarial de Portugal, em parceria com a CCIP – Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, vai organizar, pela primeira vez, de 19 a 21 de setembro, uma Missão Empresarial à Austrália com paragem nessas cidades.

Durante três dias, as seis empresas portuguesas que integram a missão, de diversos setores de atividade, vão ter reuniões de negócios, já agendadas com empresas australianas e compradores locais, “e ter a oportunidade de compreender as necessidades emergentes e as potencialidades que o mercado apresenta para os diferentes setores, através de um encontro com a AICEP e a ALTIOS Austrália”, avança a associação liderada por Paulo Nunes de Almeida em comunicado.

As seis empresas que vão na missão são duas da área do calçado, uma da área alimentar e bebidas, uma do setor das águas, outra do setor  peles e uma de electrodomésticos.

“De referir ainda, que a AEP irá representar Portugal no Congresso Mundial das Câmaras de Comércio, que irá decorrer nas mesmas datas” diz a nota de imprensa.

Apesar de ser um país rico em recursos naturais, estima-se que os serviços tenham contribuído para 68,7% do PIB australiano em 2015, representando a indústria 27,8% e o setor primário 3,6%.

A economia australiana, está em contínuo crescimento há 26 anos, e foi a única economia da OCDE que não entrou em recessão durante a crise financeira. A Austrália tem mesmo, segundo a associação, uma das maiores taxas de crescimento do mundo desenvolvido, é a 12ª maior economia mundial e um dos 25 mercados mais competitivos a nível mundial, com um consumo privado em crescimento.

As trocas comerciais externas representaram 32,3% do PIB em 2016 e a negociação de um acordo de Livre Comércio entre a Austrália e a UE, previsto para 2017, virá contribuir para o desenvolvimento das relações comerciais entre os dois países.

Ler mais
Recomendadas

Porto de Lisboa já fornece navios com combustível mais amigo do ambiente

As novas regras da IMO – International Maritime Organization exigem que o novo combustível marítimo tenham um máximo de apenas 0,5% de enxofre.

José de Mello coloca 50 milhões de obrigações a 3,875% ao ano

Com esta operação, na qual o Banco Invest, e o Haitong Bank, S.A. atuam como Joint Lead Managers e Bookrunners e o Banco BIC Português, atua como Co-Lead Manager, a José de Mello Saúde, prossegue a sua estratégia financeira com foco na redução de risco de refinanciamento, tirando partido das condições atuais de mercado para alargar a maturidade média da sua dívida.

Kylie Jenner vende 51% do seu império de cosmética por 543 milhões de euros

“Juntas, Coty e Kylie, irão definir e liderar a direção estratégica da parceria, com foco na expansão global e entrada em novas categorias de beleza”, lê-se no comunicado conjunto das duas empresas.
Comentários