Alarme sobre uma possível recessão fragiliza Wall Street no fecho da sessão

No fecho da sessão, desta quarta-feira, o S&P 500 perdeu 3,133%, para 2,840.25 pontos, o tecnológico Nasdaq desvalorizou 3,34%, para 7,489.25 pontos e o industrial Dow Jones caiu 3,26%, para 25,455.0 pontos.

Brendan McDermid / Reuters

A bolsa de Nova Iorque terminou a sessão desta quarta-feira fragilizada com os alarmes de uma possível recessão devido a uma inversão na curva das taxas dos juros da dívida soberana norte-americana a dois e a dez anos, mas também pelo desempenho das economias da Alemanha e da China.

No fecho da sessão, desta quarta-feira, o S&P 500 perdeu 3,133%, para 2,840.25 pontos, o tecnológico Nasdaq desvalorizou 3,34%, para 7,489.25 pontos e o industrial Dow Jones caiu 3,26%, para 25,455.0 pontos.

Esta quarta-feira, ficou marcada pelo sentimento do mercado a ser penalizado por causa dos dados sobre o desempenho das economias chinesa e alemã e ainda pela inversão da curva das taxas dos juros da dívida soberana norte-americana a dois e a dez anos, indiciando que a maior economia mundial poderá entrar em recessão.

Em relação à guerra comercial, os investidores mantêm-se inquietos porque está a começar a ter impacto na economia mundial. A guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, atingiu as exportações chinesas de vários produtos norte-americanos, especialmente a soja.

Ao mesmo tempo, as exportações caíram na economia da Alemanha no segundo trimestre, enquanto o crescimento da produção industrial chinesa arrefeceu para uma baixa de mais de 17 anos no mês de julho.

As ações globais foram menores, com as ações na Alemanha e na França a caírem mais de 2% e o índice da Bovespa no Brasil a descer mais de 3%.

Ler mais

Recomendadas

Wall Street fecha em queda apesar da melhoria do indicador de confiança

O valor preliminar do índice de confiança dos consumidores, medido pela Universidade de Michigan, apontou uma subida do indicador em setembro, de 74,1 para 78,9, superando os 75 antecipados pelos analistas. Mas as ações não refletiram o optimismo do consumo.

Bolsa de Lisboa fecha em queda. Banca penaliza IBEX

A banca foi penalizada na Península Ibérica. Isto um dia depois da fusão do CaixaBank com o Bankia ter sido aprovada e depois do BCE anunciar que vai permitir aos bancos da zona euro ficarem mais endividados devido às “circunstâncias excecionais”.

Wall Street segue em baixa na última sessão da semana

Os três principais índices da bolsa de Nova Iorque caem, depois de um arranque de sessão misto. as ações da Tesla estão a subir 5%, depois de ter tido revisões em alta. Já a companhia aérea Delta vê os seus títulos caírem 1,47%, na sequência de ter chegado a acordo provisório com o sindicato de pilotos para reduzir, pelo menos, 220 licenças.
Comentários