Alibaba aumenta lucro anual apesar da queda de 88% no último trimestre

O gigante chinês de comércio eletrónico lucrou 19.182 milhões de euros no ano fiscal terminado a 31 março.

A empresa chinesa Alibaba reportou à Bolsa de Hong Kong, onde está cotada, uma queda de 88% no resultado líquido entre janeiro e março de 2020, devido ao impacto da Covid-19 e à diminuição do valor dos investimentos noutras empresas.

Nos três primeiros meses de 2020, que correspondem ao último trimestre do ano fiscal terminado a 31 de março, o gigante chinês de comércio eletrónico lucrou 3,1 mil milhões de yuans, o equivalente a 410 milhões de euros.

Apesar da queda registada no trimestre, a Alibaba aumentou em 70% o lucro no exercício fiscal. Neste período, a empresa de e-commerce lucrou 149.263 milhões de yuans, o equivalente a 19.182 milhões de euros.

Já as receitas subiram com os pedidos online a disparar devido à crise de saúde pública provocada pelo novo coronavírus, com o negócio principal da empresa a registar um incremento de 19%, para 94 mil milhões de yuans (cerca de 12 mil milhões de euros), no trimestre.

No total do exercício, a Alibaba faturou o equivalente a 65.510 milhões de euros, o que representa um crescimento de 35,3%.

 

 

Ler mais
Recomendadas

Governo aprova 11 milhões de euros para SIRESP de indemnização compensatória

A indemnização compensatória foi aprovada no dia em que o Presidente da República promulgou o decreto-lei que define o modelo transitório de gestão, operação, manutenção, modernização e ampliação da rede de comunicações do Estado SIRESP.

De Amorim a Varandas: como o Sporting CP quebrou um jejum de 19 anos. Veja o “Jogo Económico”

Acompanhe o programa “Jogo Económico” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.

Metro do Mondego vai abrir concurso público para aquisição de veículos para o Sistema de Mobilidade do Mondego

O investimento envolvido chega aos 58,6 milhões de euros e procura fornecer uma solução intermodal que se coadune com as necessidades de transporte urbano e suburbano daquela região.
Comentários