Altice Portugal estranha não ter sido consultada no debate sobre redução de clubes na Liga de futebol

Jornadas Anuais da Liga Portugal propuseram redução do número de clubes na Liga de 18 para 16 clubes. Altice Portugal, uma das detentoras das transmissões televisivas da Liga, expressou “desconforto por não ter sido, mais uma vez, envolvida, nem consultada no debate deste tema”.

A Altice Portugal estranhou o facto de não ter sido envolvida no debate em torno da eventual redução de clubes na principal Liga de Futebol, em resposta oficial remetida ao JE.

No passado dia 7 de abril, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional anunciou que está a estudar a redução do campeonato de 18 para 16 equipas a partir da época 2022/23. Medida consta das propostas que saíram de um conjunto de reuniões das Jornadas Anuais da Liga Portugal.

“A Altice Portugal expressa o seu desconforto por não ter sido, mais uma vez, envolvida, nem consultada no debate deste tema bem como na decisão de uma eventual redução de equipas na Liga de Futebol dado o impacto que poderá ter em toda a cadeia de valor, que naturalmente, a confirmar-se, terá de ser revisitada”, explica a Altice Portugal em resposta oficial remetida ao JE.

De acordo com o documento que saiu das Jornadas Anuais da Liga, o objetivo desta redução passaria por evitar “uma sobrecarga do calendário desportivo, tendo em conta a proximidade do Campeonato do Mundo do Catar, permitindo a preparação do novo ciclo da UEFA 2024-2027”.

Note-se que esta proposta ainda terá de ser aprovada em Assembleia-Geral, estando ainda em aberto que ajustes terão que ser feitos para concretizar esta proposta.

Recomendadas

De Amorim a Varandas: como o Sporting CP quebrou um jejum de 19 anos. Veja o “Jogo Económico”

Acompanhe o programa “Jogo Económico” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.

Novo acordo entre Disney e LaLiga pelos direitos televisivos avaliado em 1,1 mil milhões de euros

Até à época 2028/29, os jogos da LaLiga serão transmitidos através do canal desportivo do grupo, “ESPN”, num acordo que renderá 145 milhões de euros por época.

De Amorim a Varandas: como o Sporting CP quebrou um jejum de 19 anos. Hoje há “Jogo Económico” às 19h00

Acompanhe o programa “Jogo Económico” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.
Comentários