Altice Portugal simula operação de socorro para demonstrar e testar potencialidades do 5G

Este simulacro marca também o arranque da primeira fase da rede experimental 5G para a cidade de Aveiro, visto que a cidade está alinha com o projeto Aveiro STEAM City. Este projeto representa o desejo de a cidade aveirense tornar-se na primeira coberta totalmente com 5G até 2020.

Rafael Marchante/Reuters

A Altice Portugal realizou, esta quarta-feira, 11 de setembro, uma demonstração de 5G a partir de um simulacro de uma operação de socorro, em Aveiro, para testar as potencialidades da nova tecnologia, como menor latência, maior largura de banda e possibilitar maiores velocidades de deslocação dos utilizadores. Recorrendo a uma rede experimental, forças de segurança, bombeiros e pessoal de emergência médica usaram comunicações 5G para suporte da sua intervenção.

A iniciativa da empresa liderada por Alexandre Fonseca teve como objetivo mostar como o 5G poderá “aumentar a eficácia em situações reais, neste caso do socorro, através da utilização de vários equipamentos que fornecem imagens do local do acidente, com recurso a um drone, bem como informação vital dos sinistrados em tempo real, graças à baixa latência, maior banda de larga e novas funcionalidades de rede 5G”, lê-se no comunicado da Altice Portugal.

A eficácia no socorro, de acordo com testado no simulacro, aumenta também com o 5G a permitir uma adaptação das autoridades a cada caso concreto.

“Esta demonstração é mais uma materialização das vantagens da rede 5G no futuro, num território que vai beneficiar e continuar a evoluir com esta tecnologia – o socorro. O 5G é claramente uma oportunidade para Portugal, tratando-se de uma oportunidade que a Altice não vai deixar passar ao lado. O intenso deployment de fibra ótica e a modernização das estações de base nos últimos anos, em todo o país, nos coloca numa posição mais confortável na evolução para o 5G”, explicou o Chief Technology Officer (CTO, administrador para a tecnologia) da Altice Portugal.

O simulacro contou com a participação do Gabinete de Proteção Civil da Câmara Municipal de Aveiro, da Polícia de Segurança Pública, as duas corporações de Bombeiros Voluntários de Aveiro e o Hospital de Aveiro. Para levar a cabo a demonstração de 5G a rede experimental, que assegurou as comunicações 5G, teve dedo da Ericsson que configurou uma rede 5G E2E.

Este simulacro marca também o arranque da primeira fase da rede experimental 5G para a cidade de Aveiro, visto que a cidade está alinha com o projeto Aveiro STEAM City. Este projeto representa o desejo de a cidade aveirense tornar-se na primeira coberta totalmente com 5G até 2020.

De acordo com os objetivos traçados pela Comissão Europeia, Pelo menos uma cidade em cada Estado-membro terá de ter cobertura 5G até 2020 e criar uma plataforma urbana de inovação tecnológica que suporte o desenvolvimento de competências e de novos negócios.

Ler mais
Relacionadas

Albuquerque assume 5G como prioridade para a Madeira e critica atraso do país na tecnologia

O presidente do Governo Regional disse que a Madeira tem de “avançar rapidamente” com o desenvolvimento do 5G, e que “não vai estar à espera de meia dúzia de burocratas” que querem atrasar o desenvolvimento da região.

CEO da Altice Portugal diz que 5G está atrasado e acusa Anacom de “levar operadores ao limite para falharem”

“No 5G, Espanha, Suíça, Alemanha  e Inglaterra já  lançaram o serviço.  Itália e Áustria já fizeram o leilão das frequências e em Portugal nem sabemos o que vai acontecer”. Ao JE, à margem de uma visita à Feira de São Mateus, em Viseu, o presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, falou ainda sobre a Televisão Digital Terrestre e comentou as negociações exclusivas entre Prisa e Cofina pela dona da TVI.

Aldeia da Sertã volta a ter telefone fixo e internet após dois anos sem comunicações

Sem telefone fixo e internet desde os incêndios de outubro de 2017, a reposição das comunicações na aldeia Marinha do Vale de Carvalho foi levada à cabo pela Altice Portugal com a implementação de uma rede de fibra ótica.
Recomendadas

Atenção à sua smart TV. Televisões inteligentes enviam dados privados para Netflix e Facebook

A Amazon, Google, Akamai e Microsoft foram as empresas mais contactadas por parte das smart TV. A Universidade de Northeastern conduziu o estudo em 81 aparelhos distintos e encontrou “casos notáveis de exposição de informação” privada.

Nova Iorque suspende venda de cigarros eletrónicos com sabor

A venda destes produtos está proibida por 90 dias e serve como uma lei de emergência até os EUA chegarem a um consenso político sobre o passo a seguir.

Empresas de pirotecnia acusam Governo de “perseguição absurda e infundada”

Críticas surgem depois da tutela ter emitido despachos que proíbem o lançamento de fogo de artifício durante vários dias em diversos distritos devido ao alerta vermelho da Proteção Civil para risco de incêndio.
Comentários