Altri e Navigator deixam PSI 20 no ‘vermelho’ no fim da sessão

Praça lisboeta terminou a sessão a descer 0,66%, para 3.863,20 pontos nesta quinta-feira.

O principal índice bolsista português, PSI 20, fechou a sessão desta quinta-feira, 29 de outubro, a descer 0,66%, para 3.863,20 pontos.

A fazer descer o PSI 20 estiveram entre as principais cotadas portuguesas a Altri que cai 2,26%, para 3,20 euros, o BCP que desce 0,85%, para 0,06 euros e a Navigator que desvaloriza 3,12%, para 1,86 euros.

Em terreno negativo encontram-se também a Corticeira Amorim que cai 2,45%, para 9,56 euros, a Jerónimo Martins que perde 1,53%, para 13,82 euros a construtora Mota-Engil que deprecia 0,55%, para 1,08 euros e a Semapa que desce 2,42%, para 6,44 euros.

A negociar com sinal ‘verde’ no fecho da sessão estiveram apenas EDP Renováveis que sobe 2,98%, para 15,92 euros, e a Sonae Capital que cresce 0,26%, para 0,77 euros.

“As Bolsas europeias encerram na sua generalidade em baixa, com o DAX a ser a exceção, onde Deutsche Telekom, Volkswage, Deutsche Bank e Deutsche Wohnen se mostraram em bom plano. A nível macroeconómico de realçar a descida da confiança dos consumidores em Itália e o agravamento do cenário deflacionista em Espanha”, refere Ramiro Loureiro, analista de mercados do Millenium investment banking.

Na Alemanha, o DAX cresce 0,32%, no Reino Unido, o FTSE 100 cai 0,02%, o francês CAC 40 desvaloriza 0,03%. Em Espanha, o IBEX35 desce 0,97%.

A cotação do barril de Brent desvaloriza 4,11%, com valor de 38,01 dólares, enquanto a cotação do crude WTI desce 4,01%, para 35,89 dólares por barril.

No mercado cambial o euro desvaloriza 0,69%, para 1,16 dólares.

Ler mais

Recomendadas

Wall Street fecha mista com aumento do desemprego

A avalanche de dados macroeconómicos justifica a fraca performance da bolsa. Os dados do emprego semanal dão uma subida dos pedidos de subsídio de desemprego no país pela segunda semana consecutiva, até os 778 mil, muito pior do que o esperado pelo consenso do mercado. Isto pode deixar marcas persistentes no mercado laboral dos Estados Unidos.

CMVM tomou 22 decisões de contraordenação algumas das quais originam coimas que somam 700 mil euros

Na base das decisões da CMVM estão 11 processos relacionados com infrações por violação de deveres dos auditores; cinco processos por violação dos deveres dos intermediários financeiros; três processos por violação de deveres das entidades responsáveis pela gestão de Organismos de Investimento Colectivo; entre outros. A maioria das coimas aplicadas está suspensa.

Bolsa de Lisboa fecha com subida superior a 1%

CTT, EDP Renováveis e BCP subiram mais de 2%. As ações da tecnológica Novabase, que divulgou esta tarde ao mercado o Plano para a Igualdade de Género e Diversidade, caíram 0,61% para 3,27 euros.
Comentários